Anuário ‘Justiça em tempo de pandemia’ marca retorno do Jornal do TRF4 após uma década (18/12/2020)

Postado em 1 de janeiro de 1970

O Jornal do TRF4 (JTRF4), editado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região entre agosto de 1996 e janeiro de 2011, volta à circulação depois de uma década. A Secretaria de Comunicação Corporativa (Secom) da Corte publicou hoje (18/12) uma edição especial de relançamento do periódico, agora repaginado e 100% digital, adaptado aos dias atuais para poupar recursos naturais e financeiros ao evitar a impressão em papel. Apresentando projeto gráfico moderno, tem boa legibilidade em diferentes dispositivos, como celulares, tablets, notebooks e computadores de mesa.

O JTRF4 nº 64 traz a manchete “Justiça em tempo de pandemia” e pode ser lido em www.trf4.jus.br/jornal. Com 129 páginas, é mais extenso do que as edições regulares porque foi concebido como um anuário sobre como o TRF4, neste 2020, precisou adaptar-se bruscamente às circunstâncias quando a crise sanitária de Covid-19 ganhou intensidade no Brasil e impôs luto, restrições e prejuízos à sociedade. Ao longo de suas páginas, é apresentado um panorama geral das ações executadas pelo TRF4 para proteger a saúde e a vida das pessoas sem deixar de cumprir seu dever constitucional de prestar serviços de qualidade aos cidadãos.

Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça

Nos quase 15 anos do seu primeiro ciclo, o Jornal do TRF4 obteve grande receptividade. Pelo retorno dado por profissionais da imprensa e das assessorias de outras instituições, o veículo consolidou-se gradualmente como referência inovadora na comunicação do Judiciário brasileiro.

Além do reconhecimento de seus leitores dentro e fora do Tribunal, o informativo venceu duas vezes o Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça, na categoria Veículo Externo de Comunicação Impresso (jornal), em 2004 e 2005, respectivamente, com os projetos “Jornal do TRF – arrojo e informação” e “Espelho e transparência – novo Jornal do TRF: mais espaço para a informação”.

Registro histórico e novo ciclo

No início de 2011, foi lançado o nº 63, o último daquela etapa. Depois de 14 anos e meio de publicação, o periódico parou de circular. Com a progressiva informatização do TRF4, não fazia mais sentido o custo financeiro e ambiental das suas tiragens impressas.

O papel que o jornal cumpria, porém, não foi plenamente assumido por nenhum outro veículo. Por selecionarem e consolidarem os principais acontecimentos e as iniciativas mais relevantes do Tribunal em cada período, as primeiras 63 edições do JTRF4 servem como referência na pesquisa sobre as épocas que o jornal retratou. Para reassumir seu papel no registro da história da Corte, o jornal volta agora a ser editado pela Secom, iniciando um novo ciclo após uma década fora de circulação.


()

Notícias

Fonte do artigo:

Notícias do Tribunal Regional Federal da 4ª Região

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Assessoria de Comunicação Social - TRF4.
Data de Publicação: 1 de janeiro de 1970.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Artigos Relacionados

AGU recorre de decisão que determinou a realização do Censo 2021

AGU recorre de decisão que determinou a realização do Censo 2021

A Advocacia-Geral de União (AGU) recorreu de uma liminar do ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal (STF) que ordenou a realização do Censo 2021. O julgamento no plenário da Corte deverá começar nesta sexta-feira, 7. A defesa do governo pede que o Supremo...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *