TJ-RJ suspeito de julgamento irregular

Postado em 8 de dezembro de 2016

Por Pedro de Carvalho, da coluna Radar On-Line, da Veja

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro é acusado de realizar um julgamento simulado em junho deste ano.

No dia 15 de junho, enquanto desembargadores ouviam a defesa de acusados de fraudar licitações em Mangaratiba, a polícia executava a prisão dos réus cuja defesa era ouvida. Os mandados teriam sido expedidos pela desembargadora Giselda Leitão Teixeira, relatora do caso.

Um dos acusados, por exemplo, foi preso às 17h50 daquele dia, condenado a 17 anos de reclusão, antes de o julgamentose encerrar, oque ocorreu às 18h50.

“Isso só pode levar a defesa a desconfiar de que o destino dos acusados já estava selado desde antes do recebimento da denúncia”, afirma um dos advogados do caso, Rodrigo Martins.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *