Passageiro Barrado será Indenizado

Postado em 6 de março de 2017

Uma empresa de ônibus intermunicipal foi condenada a pagar R$ 5.000,00 por danos morais. O juiz decidiu que ela causara vexame, perturbação, constrangimento e abalo da honra e dignidade.

Um motorista teria dito ao passageiro para embarcar no próximo ônibus porque, como dizem as testemunhas no processo, ele “estava um pouco sujo”. Elas não identificaram racismo, entretanto.

A passagem teria sido vendida ao requerente minutos antes da partida, portanto ele só poderia ser impedido de embarcar caso apresentasse comportamento inadequado.

Porque há um pensamento hegemônico, e esse pensamento é comunista, fica a dúvida se a decisão do juiz Bruno de Oliveira Feu Rosa foi isenta, uma vez que sua decisão tem sotaque esquerdista:

“situação econômica das partes, bem como a inserção social do ofendido.”

Leia a sentença aqui.

Aqui pessoas reclamam de juízes do Espírito Santo, estado onde ocorreu o fato.

Para Haver Líderes Exige-se Liderados.

  Por Michael I. Knowles, no Daily Wire. Ninguém deprecia o presidente Trump melhor do que o presidente Trump - basta perguntar a ele. E, no entanto, apesar de toda a fanfarronice e jactância, o homem que não conseguia ver um prédio sem querer...

Juiz faz Campanha para Bandido.

Do site do O Antagonista. A Folha noticiou que o juiz do trabalho Átila Roesler e sua mulher, Gabriela Goergen de Oliveira, foram detidos por alguns minutos na Praça do Comércio, em Lisboa, porque Gabriela fazia fotos com um cartaz no qual estava escrito “Lula Livre”....

PCB e PSOL Querem Censurar Policial que Matou Bandido

do O Antagonista: O PCB e o PSOL queriam que a policial Katia da Silva Sastre, candidata a deputada federal em São Paulo, pelo PR, fosse impedida de exibir na propaganda eleitoral o vídeo que a mostra matando um assaltante na porta da escola da sua filha....

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *