A Lei na Democracia.

Postado em 19 de junho de 2017

 

“A repetição de um delito por incontáveis indivíduos durante um longo período de tempo não o torna legal.’

 

Augusto Nunes

“A burla escancarada da lei, com sua transformação em mero mecanismo de poder, inicia-se pelas interpretações complacentes ou malandras.”

Elizário Goulart Rocha.

Leia seu artigo completo  na coluna de Augusto Nunes, na Veja

 

[…]Ocorre que o cumprimento da lei tem de estar acima de tudo, em especial de torcidas partidárias. Quando, em nome da estabilidade política, do crescimento econômico, de preferências ideológicas ou do que for, parte-se para o vale-tudo jurídico, a fisionomia do país começa a ficar parecida com a de regimes totalitários, nos quais as leis são ignoradas o tempo todo, ou sofrem constantes adaptações para servir aos interesses do ditador de plantão. […]

 

 

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *