Arbitragem demora, em média, 1 ano e 9 meses para solucionar conflitos no Brasil.

Postado em 25 de outubro de 2018

Mais uma vez a CAMARB foi destaque em matéria publicada no portal Migalhas, na qual se abordou o tempo médio de tramitação das arbitragens no Brasil e a celeridade na solução de controvérsias quando este método é utilizado.

A matéria confirma que, nos últimos anos, o número de procedimentos de arbitragem instaurados no Brasil tem aumentado, o que se confirma com a experiência vivida pela da CAMARB, instituição que está há 20 anos no mercado e conta com serviços de arbitragem, mediação e Dispute Board.

O Presidente da Câmara, Augusto Tolentino, afirma que o ano de 2018 foi bastante positivo para a CAMARB, que registrou um aumento de aproximadamente 20% no número de solicitações de arbitragem, teve o ano com o maior número de mediações empresariais na história da instituição e movimentou disputas que envolveram mais de 3 bilhões de reais.

A matéria trouxe, ainda, dados relevantes como os setores que mais participaram dos procedimentos em câmaras, sendo que a CAMARB mais uma vez se destaca com procedimentos relativos a contratos de infraestrutura e construção, disputas societárias e M&A, energia e contratos públicos.

A CAMARB possui hoje escritórios em São Paulo, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e Recife, e acaba de anunciar a inauguração de seu escritório em Brasília, com a missão de oferecer e promover soluções para a resolução extrajudicial de conflitos empresariais com agilidade e eficácia, a fim de ser a referência nacional em qualidade, agilidade e inovação.

Leia mais, clique aqui.

CAMARB
Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: CAMARB.
Data de Publicação: 25 de outubro de 2018.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: CAMARB.
Data de Publicação: 25 de outubro de 2018.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Publicações Relacionadas

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Artigos Relacionados

AGU recorre de decisão que determinou a realização do Censo 2021

AGU recorre de decisão que determinou a realização do Censo 2021

A Advocacia-Geral de União (AGU) recorreu de uma liminar do ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal (STF) que ordenou a realização do Censo 2021. O julgamento no plenário da Corte deverá começar nesta sexta-feira, 7. A defesa do governo pede que o Supremo...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *