Discipulado segundo Jesus

Postado em 9 de outubro de 2020

Ao final de nossa reflexão sobre Jesus o mestre por excelência, dissemos que existem elementos na arte e no ensino de Cristo que são meramente humanos. Porém, antes de abordarmos esses elementos, precisamos conhecer o que significa ser um discípulo de Cristo.

A palavra discípulo deriva do latim discípulus, sendo que no primeiro século depois de Cristo, transmitia a ideia de aluno ou aprendiz.1 Essa palavra está estreitamente relacionada à ideia de “disciplina”. Ela implica na exigência de que se renuncie a tudo. A raiz verbal desse vocábulo vem do latim discere, que traduzido significa ensinar.2

Nas Sagradas Escrituras a ideia de discípulo aparece no Antigo Testamento. No primeiro Livro das Crônicas 25.8 podemos ler: Deitaram sortes para designar os deveres, tanto do pequeno como do grande, tanto do mestre como do discípulo”. Essa passagem refere-se aos alunos da escola de música do templo de Jerusalém. O termo hebraico ali utilizado é talmyd, que tem sua raiz na palavra lamad, e pode ser traduzido por aprender ou ensinar. No judaísmo do pós-exílio, o discípulo (talmyd), que escolhe subordinar-se a um rabino segue-o em todo lugar aprendendo dele, e, sobretudo servindo a ele. A obrigação do aluno para servir é uma parte essencial da aprendizagem da Torá, e a capacidade de praticá-la em toda e qualquer situação3.

Ainda no Antigo Testamento a palavra discípulo aparece no livro do profeta Isaías 8.16: Resguarda o testemunho, sela a lei no coração dos meus discípulos”. Esse profeta usa o termo “discípulos” para se referir àqueles que eram ensinados ou instruídos.4 Dessa vez a palavra usada é limmud5, que pode ser traduzida por ensinado, instruído ou discipulado e também é derivada da palavra lamad. A Septuaginta (LXX), versão modelar do Antigo Testamento em língua grega, verteu para mathetés, que traduz o mesmo significado de aluno, aprendiz, pupilo, discípulo.6

Essa era a palavra favorita de Jesus Cristo para aqueles que tiveram suas vidas ligadas entranhadamente com a dele.7 No Novo Testamento, as palavras que tem vínculo com o discipulado se aplicam, mormente aos seguidores de Jesus e descrevem a vida de fé.

Temos ainda o termo Akolouthéo (“seguir”); este indica a ação de um homem que responde ao chamado de Jesus, e cuja vida recebe novas diretrizes em obediência. No grego clássico, esse vocábulo se forma de keleuthos, “um caminho”. Significa “ir para algum lugar com outra pessoa”, “acompanhar”, “ir atrás de alguém”, “seguir”.8

Já o vocábulo mathetés (“discípulo”) refere-se a alguém que ouve a chamada de Jesus e se torna seu seguidor. Mimeomai (“imitar”) pode se distinguir disto, na medida em que enfatiza principalmente a natureza de um tipo específico de comportamento, modelado em outra pessoa.9


1 DOCKERY, D. S. Manual Bíblico Vida Nova. São Paulo: Edições Vida Nova, 2001. p. 634.

2 CHAMPLIN, R. N. Enciclopédia de Bíblia, Teologia e Filosofia. São Paulo: Editora Hagnos, 2004. p. 180

3 BROWN, C. O Novo Dicionário Internacional de Teologia do Novo Testamento – vol. I. São Paulo: Edições Vida Nova, 1984. p. 659

4 YOUNGBLOOD, R. F. Dicionário Ilustrado da Bíblia. São Paulo: Vida Nova, 2004. p. 424.

5 Bíblia On-Line – Módulo Avançado. Versão 3.00, 07 de Outubro de 2002.

6 TAYLOR, W. C. 1886-1971. Dicionário do Novo Testamento grego. 10. Ed. Rio de Janeiro: JUERP, 1991. p. 130.

7 MOORE, W. B. Multiplicando discípulos, o método neotestamentário para o crescimento da igreja. 2. Ed. Rio de Janeiro: JUERP, 1984. p. 21.

8 BROWN, C. O Novo Dicionário Internacional de Teologia do Novo Testamento – vol. I. São Paulo: Edições Vida Nova, 1984. p. 658.

9 Idem, p. 658.

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra da seguinte fonte:
Notícias – Faculdade Cristã de Curitiba – FCC
Leia o artigo original clicando no link abaixo:
Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Sandro Pereira.
Data de Publicação: 9 de outubro de 2020.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Sandro Pereira.
Data de Publicação: 9 de outubro de 2020.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Publicações Relacionadas

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Artigos Relacionados

AGU recorre de decisão que determinou a realização do Censo 2021

AGU recorre de decisão que determinou a realização do Censo 2021

A Advocacia-Geral de União (AGU) recorreu de uma liminar do ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal (STF) que ordenou a realização do Censo 2021. O julgamento no plenário da Corte deverá começar nesta sexta-feira, 7. A defesa do governo pede que o Supremo...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *