Um dia após Criciúma, Cametá, no Pará, é aterrorizada por quadrilha de assalto a bancos

Postado em 2 de dezembro de 2020

No início da madrugada desta quarta-feira, 2, Cametá, município a 300 km de Belém, no Pará, foi alvo de uma ação criminosa muito parecida com a que aconteceu na madrugada de ontem em Criciúma, Santa Catarina. A Secretaria de Segurança Pública do Estado do Pará (Segup) confirmou que bandidos fortemente armados com fuzis de grosso calibre sitiaram a cidade e assaltaram uma agência bancária. Muitos moradores foram feitos reféns, a maioria de um grupo que assistia ao jogo do Flamengo pela Copa Libertadores em uma praça do centro. Como na madrugada de pânico no Sul do país, vídeos da ação criminosa circularam pelas redes sociais. É possível ouvir tiros e bombas. Em uma gravação, um homem diz, chorando, que “eles bateram muito na gente”.

A Segup informou, pelas redes sociais, que equipes do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), das Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam), do Batalhão de Ações de Cães (Bac), da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (CORE) e duas aeronaves do Grupamento Aéreo de Segurança Pública do Pará (Graesp) se deslocaram para dar apoio a Cametá. De acordo com a secretaria, não houve mortos ou feridos.

Na noite de ontem, cerca de 50 criminosos participaram da ação em Criciúma e assaltaram a agência do Banco do Brasil. Nenhum suspeito foi preso. Embora as ações sejam muito semelhantes, não é possível afirmar que o mesmo grupo criminoso coordenou os dois assaltos. Esse tipo de ação, como informou o tenente-coronel Dmitri, do 9º BPM de Criciúma, é denominada “novo cangaço“. Os bandidos sitiam a cidade, fazem barricadas em volta para dificultar a ação da polícia e atacam as bases locais das forças de segurança. Em vídeos e publicações nas redes sociais, moradores disseram que o Batalhão da Polícia foi alvo de ataques, mas a Segup não confirmou a informação.

 

Jovem Pan
Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 2 de dezembro de 2020.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 2 de dezembro de 2020.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Publicações Relacionadas

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Artigos Relacionados

AGU recorre de decisão que determinou a realização do Censo 2021

AGU recorre de decisão que determinou a realização do Censo 2021

A Advocacia-Geral de União (AGU) recorreu de uma liminar do ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal (STF) que ordenou a realização do Censo 2021. O julgamento no plenário da Corte deverá começar nesta sexta-feira, 7. A defesa do governo pede que o Supremo...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *