Maia cobra empenho de líder do governo na Câmara após adiar cabotagem

Postado em 3 de dezembro de 2020

A Câmara mais uma vez não conseguiu votar o projeto de incentivo à cabotagem, que é o transporte entre portos de um mesmo país. Conhecido como BR do Mar, o texto foi enviado pelo governo com urgência constitucional, o que dá prioridade ao projeto na pauta de votações. O objetivo da matéria é simplificar o frete de navios internacionais para aumentar a frota que navega internamente no Brasil. O governo federal estima que, com a proposta, o número de contêineres transportados no país aumente de 1,2 milhão para 2 milhões nos próximos três anos. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, chegou a pautar o texto nesta quarta-feira, 2, mas reclamou da ausência, no plenário, do líder do governo, deputado Ricardo Barros, e alegou que faltou organização para colocar em votação.

Já faz dois meses que a BR do Mar tranca a pauta da Câmara, que pouco avançou no período eleitoral. Outros impasses, como a disputa pelo comando da Comissão Mista de Orçamento, têm travado o andamento das votações. Além disso, os deputados começam a se voltar para a eleição à presidência da Casa, que será em fevereiro. A deputada Adriana Ventura, do Novo, criticou a situação. Nesta quinta-feira, 3, a Câmara deve votar a medida provisória que cria o programa Casa Verde e Amarela, que financia a construção de residências para famílias com rendimento de até R$ 7 mil mensais em área urbana e R$ 84 mil anuais em área rural. A MP é o único item da pauta e também vem sendo apontada pelo governo como uma das prioridades para o fim de ano.

*Com informações do repórter Levy Guimarães

Política – Jovem Pan
Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 3 de dezembro de 2020.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 3 de dezembro de 2020.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Publicações Relacionadas

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Artigos Relacionados

AGU recorre de decisão que determinou a realização do Censo 2021

AGU recorre de decisão que determinou a realização do Censo 2021

A Advocacia-Geral de União (AGU) recorreu de uma liminar do ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal (STF) que ordenou a realização do Censo 2021. O julgamento no plenário da Corte deverá começar nesta sexta-feira, 7. A defesa do governo pede que o Supremo...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *