Mourão vê ‘hipocrisia’ em recusa de volta às aulas nas universidades federais

Postado em 5 de dezembro de 2020

O vice-presidente da República, general Hamilton Mourão, classificou como “hipocrisia” a pressão para manter as aulas das universidades federais, institutos federais e faculdades particulares suspensas. Após repercussão negativa, o Ministério da Educação decidiu revogar a portaria que havia sido publicada na quarta-feira, 2, e autorizava o retorno das atividades a partir de janeiro. Na avaliação do vice-presidente, é preciso ter coerência para entrar no debate sobre essa questão. “Eu acho que há uma certa hipocrisia nisso aí, porque a mesma turma quer não quer voltar para aula, vai para balada, vai para bar. Então vamos ser coerente nas coisas, se não pode não pode para tudo, tá bem?”, afirma. Mourão reconhece, no entanto, que há um aumento significativo no número de casos da Covid-19 no país – ele diz não saber se o aumento é consequência das eleições ou de um relaxamento da população de maneira geral. Mourão afirma ainda que a decisão sobre fechar o comércio e impor restrições de circulação compete a governadores e prefeitos, que, nas palavras do vice, “tem um sentimento em relação a situação que estão enfrentando”.

“Aquelas situações que nós vivemos durante os meses de abril, maio e junho, elas provavelmente vão retornar, hospitais de campanha provavelmente terão que ser colocados em execução. Eu acho que lockdown é impossível de ser aplicado, principalmente em cidades do tamanho do Rio de Janeiro, e, no final, ele gera mais controvérsias do que aspectos positivos”, disse. O vice-presidente também comentou nesta quinta o resultado do PIB do terceiro trimestre. Para Mourão, a alta de 7,7% “bateu na trave” do que era esperado pelo governo. Ele acredita que a recuperação após o choque provocado pela pandemia será diluída nos próximos resultados. O general reconhece que fechar o ano com resultado negativo no PIB é “muito ruim” para o país, mas lembra que a queda será menor do que projetavam instituições internacionais.

*Com informações do repórter Antônio Maldonado

Política – Jovem Pan
Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 5 de dezembro de 2020.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 5 de dezembro de 2020.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Publicações Relacionadas

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Artigos Relacionados

AGU recorre de decisão que determinou a realização do Censo 2021

AGU recorre de decisão que determinou a realização do Censo 2021

A Advocacia-Geral de União (AGU) recorreu de uma liminar do ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal (STF) que ordenou a realização do Censo 2021. O julgamento no plenário da Corte deverá começar nesta sexta-feira, 7. A defesa do governo pede que o Supremo...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *