PEC da prisão em 2ª instância ‘desidratou’ e fica para 2021, admite Fábio Trad

Postado em 11 de dezembro de 2020

O relator da PEC da prisão em segunda instância admite que o projeto “desidratou” e vai ficar para 2021. O deputado Fábio Trad declara que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, poderia ter colocado o texto em votação ao longo do ano. Em discurso nesta quinta-feira, 10, o parlamentar do PSD de Mato Grosso do Sul, lembrou que a matéria está pronta desde abril. Fábio Trad avalia que a saída de Sergio Moro do governo atrasou o debate.

“Depois que Moro saiu e o presidente Bolsonaro se afastou dessa pauta, eu não sei o que aconteceu, mas desidratou, e a sociedade parece que perdeu o interesse na aprovação. Mas estamos aqui, o relatório já está pronto desde abril, os trabalhos estão exauridos na comissão escpecial. O que falta? Apenas a autorização do presidente Rodrigo Maia para que possamos impulsionar a PEC da segunda instância”, diz. O deputado lembra que a prisão em segunda instância vai ajudar a combater a impunidade no país, não só nos casos penais. A sessão desta quinta-feira, 10, na Câmara dos Deputados foi uma das últimas do ano e outros parlamentares reclamaram de projetos parados.

*Com informações da repórter Nanny Cox 

Fonte do artigo:

Política – Jovem Pan

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 11 de dezembro de 2020.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *