Pazuello vai centralizar distribuição das vacinas, afirma Caiado

Postado em 12 de dezembro de 2020

O governador do Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), afirmou nesta sexta-feira, 11, que “nenhum estado vai fazer politicagem e escolher quem vai viver ou morrer de Covid-19“. Apesar de não citar nomes, a fala é uma indireta ao governador de São Paulo, João Doria (PSDB), que anunciou na última semana que o estado todo será vacinado com a CoronaVac a partir de 25 de janeiro de 2021. O anúncio do governo paulista iniciou uma corrida pela vacina entre os governadores e aumentou a pressão para que o Ministério da Saúde divulgue o Plano Nacional de Imunização contra a Covid-19 e centralize a vacinação. O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, esteve presente em Goiânia nesta sexta, e na visita, segundo Caiado, afirmou que uma medida provisória será editada para que a distribuição igualitária das vacinas seja centralizada pela pasta.

“O ministro Pazuello me informou que será editada uma Medida Provisória que vai tratar dessa centralização e distribuição igualitária das vacinas. Toda e qualquer vacina certificada que for produzida ou importada será requisitada pelo Ministério da Saúde”, garantiu o governador do Goiás. Doria utilizou suas redes sociais para rebater e informar que o “Goiás é um dos 12 estados brasileiros que já manifestaram interesse na CoronaVac”. Em seguida, o governador adicionou link de uma matéria do portal R7 sobre o encontro entre Doria e a Associação de Municípios de Goiás para negociar a compra da vacina produzida pelo Instituto Butantan. Em entrevista ao Jornal da Manhã, da Jovem Pan, na quarta-feira, 9, Caiado já havia criticado o anúncio do PSDBista. “Essa notícia de querer definir plano de vacinação em 25 de janeiro. Isso é irresponsabilidade e descortesia com os depois governadores. Como se apenas o governador de São Paulo fosse competente e preocupado com a vida das pessoas”, disse. Pazuello, durante a inauguração do hospital maternidade Célia Câmara, em Goiânia, fez uma fala no mesmo sentido. “Nenhum estado da federação será tratado de forma diferente, nenhum brasileiro terá vantagem sobre outros brasileiros”, afirmou.

Fonte do artigo:

Política – Jovem Pan

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 12 de dezembro de 2020.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 12 de dezembro de 2020.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Publicações Relacionadas

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *