Após acusação de Bolsonaro, Maia pauta MP do 13º do Bolsa Família

Postado em 19 de dezembro de 2020

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) incluiu a previsão de pagamento do 13º para beneficiários do Bolsa Família na Medida Provisória (MP) que prorrogou o auxílio emergencial até dezembro deste ano. A MP está na pauta do plenário da Casa desta sexta-feira, mas o texto não deve ser votado na sessão de hoje – há um acordo interno que prevê que, para ser votada, o relatório de uma matéria precisa ser disponibilizado com 24 horas de antecedência. A inclusão da matéria ocorreu após o presidente Jair Bolsonaro acusar Maia de ser o responsável pelo fato de os beneficiários do programa assistencial não receberem a parcela do programa neste ano. “Você está reclamando do 13º do Bolsa Família, que não teve. Sabia que não teve este ano? Foi promessa minha? Foi. Foi pago no ano passado? Mas o presidente da Câmara deixou caducar a MP. Vai cobrar de mim? Cobra do presidente da Câmara, que o Supremo agora não deu o direito de ele disputar a reeleição. Cobra dele”, disse Bolsonaro em sua live semanal nas redes sociais.

À Folha de S. Paulo, Maia reagiu, subiu o tom e chamou o presidente da República de “mentiroso”. “Nunca imaginei que Bolsonaro fosse mentiroso”, disse. O presidente da Câmara se refere a um acordo costurado pelo próprio governo federal. À época, a medida provisória não foi votada a pedido do Executivo, que previa um impacto fiscal de R$ 8 bilhões aos cofres públicos. Em 2019, Bolsonaro editou uma MP prevendo o pagamento do 13º do benefício, para cumprir uma promessa de campanha. Durante a tramitação, o relator do projeto, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) propôs que a parcela extra fosse paga todos os anos. A MP do auxílio emergencial é uma demanda dos partidos de oposição há meses – os parlamentares chegaram, inclusive, a obstruir sessões, como forma de pressionar Rodrigo Maia a incluir a matéria na pauta da Casa.

Fonte do artigo:

Política – Jovem Pan

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 19 de dezembro de 2020.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 19 de dezembro de 2020.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Publicações Relacionadas

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Artigos Relacionados

AGU recorre de decisão que determinou a realização do Censo 2021

AGU recorre de decisão que determinou a realização do Censo 2021

A Advocacia-Geral de União (AGU) recorreu de uma liminar do ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal (STF) que ordenou a realização do Censo 2021. O julgamento no plenário da Corte deverá começar nesta sexta-feira, 7. A defesa do governo pede que o Supremo...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *