Eduardo Pazuello visita centro de distribuição das vacinas em São Paulo

Postado em 24 de dezembro de 2020

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello visitou nesta quarta-feira, 23, o maior centro de distribuição de remédios e vacinas da América do Sul, localizado na região de Guarulhos, em São Paulo. Serão, somente para imunizantes contra a Covid-19, a capacidade de distribuição chega a 11 milhões de doses distribuídas por dia aos municípios brasileiros. Na ocasião, Pazuello afirmou que o trabalho do Ministério da Saúde, juntamente com a distribuidora, é garantir a segurança necessária para a entrega das vacinas. “A segurança de um medicamento ou da vacina da H1N1 é de zero a dez, cinco ou seis. A segurança da vacina da Covid-19 é dez. Eu preciso garantir a segurança, eu preciso envolver o ministério da Defesa, o Ministério da Justiça, preciso envolver as policias militares, envolver toda a estrutura de segurança no plano”, disse.

O ministro Pazuello disse também que são três possibilidades de datas para o início da vacinação no Brasil. “No prazo acelerado, até no dia 20 de janeiro. No prazo médio, de 20 de janeiro a 10 de fevereiro. E o no prazo alongado, de 10 de fevereiro a 1 de março”, afirmou. A vacinação será voluntária e gratuita. No entanto, até o momento, não há nenhum imunizante contra a Covid-19 registrado no país. Atualmente, a entrega de remédios e vacinas para as regiões Sul, Sudeste e Centro Oeste é feita via terrestre, enquanto o Norte e Nordeste recebem via aérea. O Brasil já faz a distribuição de vacinas de 2° a 8° C. Enquanto, no caso do imunizante da Pfizer, por exemplo, a -70°C, a própria empresa desenvolveu uma logística de gelo seco.

*Com informações do repórter Victor Moraes

Fonte do artigo:

Política – Jovem Pan

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 24 de dezembro de 2020.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Artigos Relacionados

‘A luta é dura e árdua’, disse Bruno Covas em sua última carta

‘A luta é dura e árdua’, disse Bruno Covas em sua última carta

Em sua última carta, o prefeito Bruno Covas (PSDB) agradeceu às manifestações de apoio dos companheiros de partido e afirmou que, “de cabeça erguida”, estava enfrentando os “desafios que a vida (lhe) impõe”. “A luta é dura e árdua, mas não esmoreço e sigo em frente”,...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *