Procuradores criticam proposta de Renan Calheiros de anistiar hackers que vazaram mensagens da Lava Jato

Postado em 22 de fevereiro de 2021

Procuradores estão reagindo com indignação a um projeto de lei do senador Renan Calheiros que concede anistia aos seis hackers investigados por roubar mensagens de autoridades envolvidas na operação Lava Jato. Calheiros entende que as conversas reveladas são confissões de perseguição política, influência no processo eleitoral, vazamento de informações sigilosas à imprensa e desprezo pelos direitos fundamentais dos acusados. Ele ainda justifica que os diálogos mostram a violação da imparcialidade do ex-juiz Sergio Moro e a quebra do dever de impessoalidade dos membros do Ministério Público Federal. “Descobriram que o Ministério Público e o juiz Sergio Moro, para combater eventuais crimes, cometeram uma enxurrada de outros delitos. Quais condutas e de que maneira mais grave atentaram ao ordenamento jurídico.”

O presidente da Associação Nacional dos Procuradores da República, Fábio George, diz que a proposta é inadequada, contraria o interesse público e se revela inconstitucional. ‘Não se pode adotar uma conduta de premiar, estimular essas ações, portanto, fazendo com que esses criminosos se sintam incentivados a adota esse tipo de prática. É exatamente a reação contrária que se espera do Congresso Nacional”, disse. Dias após a revelação da troca de mensagens entre procuradores que atuaram na Lava Jato de Curitiba, o presidente do Superior Tribunal de Justiça, ministro Humberto Martins, determinou a abertura de um inquérito sobre supostas tentativas de intimidação e investigação dos ministros do tribunal por meios ilegais. Em razão do foro privilegiado, os integrantes do tribunal só podem ser investigados pela Procuradoria-Geral da República e procuradores que atuam na primeira instância não podem atuar no caso.

*Com informações do repórter Vinicius Moura

 

Fonte do artigo:

Política – Jovem Pan

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 22 de fevereiro de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *