Texto preliminar da PEC Emergencial acaba com piso para gastos com educação e saúde

Postado em 22 de fevereiro de 2021

O senador Márcio Bittar (MDB-AC), relator da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) conhecida como PEC Emergencial, apresentou, nesta segunda-feira, 22, a versão preliminar de seu parecer sobre a matéria. O texto acaba com o piso para gastos em Educação e Saúde, segundo a íntegra do relatório, obtido pela Jovem Pan. Caso a proposta seja aprovada, a União, estados e municípios ficam desobrigados a destinar recursos mínimos para essas áreas.

Como a Jovem Pan mostrou, a PEC Emergencial é uma das prioridade do governo do presidente Jair Bolsonaro no Congresso, e tem o objetivo de reduzir gastos e ajustar as contas públicas. Os pisos de Educação e Saúde precisam ser corrigidos pela inflação do ano anterior. De acordo com a Constituição Federal, estados devem destinar 12% da receita à saúde e 25% à educação. Os municípios, por sua vez, têm de gastar, respectivamente, 15% e 25%. Esta ideia já havia sido defendida pelo senador Márcio Bittar no início de janeiro. À época, o emedebista afirmou que, se dependesse dele, não haveria mais o piso para os dois setores.

“Se depender de mim, eu avanço. Eu desvinculo tudo. Tira tudo [os pisos de educação e saúde]. Devolve o poder ao Parlamento e aos vereadores. Se depender de mim, não tem mais. Só que não sou eu sozinho”, disse à época, após um encontro com o ministro da Economia, Paulo Guedes. Bittar também afirmou que o “mantra” de que acabar com os pisos de saúde de educação estaria “retirando dinheiro” dessas áreas “não é verdade”. “Ninguém está tirando dinheiro de lugar nenhum. Você tutelar os prefeitos, vereadores, Congresso, tudo, resolveu? Aumentou exponencialmente o orçamento na educação e isso não corresponde a nada. O ultimo PISA está aí”, acrescentou.

A PEC Emergencial deve ser votada pelo Senado na quinta-feira, 25. Por se tratar de uma emenda à Constituição, a matéria precisa ser aprovada em dois turnos. Na sequência, o texto segue para a Câmara dos Deputados.

Fonte do artigo:

Política – Jovem Pan

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: André Siqueira.
Data de Publicação: 22 de fevereiro de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: André Siqueira.
Data de Publicação: 22 de fevereiro de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Publicações Relacionadas

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *