Câmara de SP analisará pedido de CPI para investigar violência contra transexuais na capital

Postado em 23 de fevereiro de 2021

A vereadora Erika Hilton (PSOL-SP) entrou na última semana com um pedido de abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar violência contra pessoas transexuais e travestis na cidade de São Paulo. O pedido, que pode ser aprovado ainda nesta terça-feira, 23, tem como uma das justificativas a morte de Lorena Muniz, mulher trans que viajou da cidade de Recife para São Paulo para colocar próteses mamárias e veio a óbito após ser deixada em uma sala de cirurgia da capital durante um incêndio. No documento, a vereadora falou sobre a longa fila de espera para realização de cirurgias pelo Sistema Único de Saúde e citou dados da Associação Nacional de Travestis e Transexuais (Antra), que mostram o Brasil na liderança de países que mais matam travestis e transexuais do mundo, tendo o estado de São Paulo no topo da lista, com 51 mortes.

“Diante do exposto, conto com o apoio das e dos nobres vereadores desta Casa Legislativa para aprovação da presente Comissão Parlamentar de Inquérito, com o
intuito de investigar as diversas violências direcionadas às pessoas trans e travestis na cidade de São Paulo”, afirma trecho do documento. A submissão do pedido da vereadora foi feitasemanas após ela registrar um boletim de ocorrência narrando uma ameaça e tentativa de invasão do gabinete dela dentro da Câmara Municipal. A assessoria da parlamentar lembrou que a CPI foca em pessoas trans e também inclui as ameaças contra as transexuais eleitas como vereadoras na casa. Além do caso registrado por Erika Hilton, outra ocorrência de ameaça foi registrada pela co-vereadora Carolina Iara, também do PSOL, que teve a casa alvejada por tiros poucas semanas após assumir o cargo no mandato coletivo Bancada Feminista.

Fonte do artigo:

Política – Jovem Pan

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 23 de fevereiro de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 23 de fevereiro de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Publicações Relacionadas

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *