Liderado por Bolsonaro, Comitê da Covid-19 faz primeira reunião nesta sexta-feira

Postado em 26 de março de 2021

O presidente Jair Bolsonaro assinou o decreto, nesta quinta-feira, que formaliza a criação do “Comitê de Coordenação Nacional para Enfrentamento da Pandemia da Covid-19”. O grupo faz nesta sexta-feira, 26, a primeira reunião com a presença de governadores de todo país. O encontro será conduzido pelo presidente do senado Rodrigo Pacheco. A prioridade será discutir estratégias para recompor o orçamento geral da união, que chegou ao Congresso com R$ 43 bilhões a menos que em 2020. Projetos para geração de emprego e renda, voltados à população vulnerável,  programas para retomada da economia e criação de ambiente favorável para investimentos privados, também estarão na pauta. O governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, falou sobre a importância de manter o diálogo com todos os atores da sociedade, entre eles, prefeitos e o governo federal. “O nosso inimigo comum é o vírus e temos que olhar para esse vírus como grande inimigo comum e parar de brigar.”

A proposta de trabalho do novo Comitê é criar uma coordenação nacional para o enfrentamento da pandemia. Segundo o presidente Jair Bolsonaro, o entendimento sobre importância da vacinação em massa contra a Covid-19 foi unânime entre os membros do grupo, que contará com a participação do Congresso Nacional e de governadores, além da liderança do chefe do Executivo. “Mais do que harmonia, imperou a solidariedade e a intenção de minimizar os efeitos da pandemia. A vida em primeiro lugar”, disse o mandatário durante anúncio da proposta.

Nesta quinta-feira, o Brasil bateu um novo recorde na pandemia, com mais de 100 mil casos de Covid-19 registrados em 24 horas. Ao todo, são mais de 12,3 milhões de ocorrências de diagnósticos positivos no país. Nesse contexto, a Alemanha anunciou a doação de 80 respiradores e acessórios para uso hospitalar ao Amazonas. Os equipamentos serão trazidos por um avião da força aérea alemã e devem chegar a Manaus neste sábado, 27. Segundo o embaixador da Alemanha no Brasil, Heiko Thoms, a Alemanha já estuda outras formas de ajudar o Brasil, já que a cooperação mundial é a única forma de vencer a crise sanitária. “A pandemia será vencida quando for vencida em todas as partes do mundo. Ouvimos muito sobre essa diferentes variantes e isso mostra que ninguém está seguro até que todos estejam seguros”, disse. Questionado sobre a declaração do presidente, de que a chanceler Angela Merkel recuou do lockdown, Heiko Thoms disse que o país tem adotado restrições rígidas frente à pandemia. “Temos um lockdown muito rígido. As lojas estão fechadas, ninguém na Alemanha pode viajar. As regras são muito fortes, muito rígidas.”

*Com informações da repórter Caterina Achutti

Fonte do artigo:

Política – Jovem Pan

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 26 de março de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 26 de março de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Publicações Relacionadas

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Artigos Relacionados

Rogéria Dotti participa de evento promovido pela AASP

Rogéria Dotti participa de evento promovido pela AASP

Nos dias 05 e 06 de agosto, acontece o evento “Desjudicialização da Execução Civil. Debate sobre o PL Nº 6.204/2019”, organizado pela Associação dos Advogados de São Paulo-AASP e coordenação de Flávia Ribeiro. Rogéria Dotti está confirmada para proferir palestra ao...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *