Tribunal aceita pedido de impeachment e governador de SC é afastado do cargo

Postado em 27 de março de 2021

O tribunal de julgamento do segundo pedido de impeachment contra o governador de Santa Catarina, Carlos Moisés, aceitou parcialmente a denúncia contra ele pela compra, sem licitação, de 200 respiradores por R$ 33 milhões ainda no começo da pandemia, em 2020. Com a decisão, Moisés será afastado do cargo a partir de terça-feira e vai responder por crime de responsabilidade. A sessão desta sexta-feira, 26, durou quase 15 horas. Logo no início, o advogado de acusação, Leonardo Borchardt, reforçou as suspeitas contra Carlos Moisés, que escapou de outro pedido de afastamento no ano passado. “Governador fez pronunciamentos públicos, gravados, lives nas quais demonstrou conhecimento e discutiu as contratações. Além disso, fez pessoalmente projeto de lei, consulta ao TCU e conversa pessoal com o presidente do TCU, onde foi deveras advertido.”

Em seguida, o advogado do governador catarinense, Marcos Probts, rebateu todos os pontos da denúncia sobre a compra de respiradores. “Qual a prova mais ser produzida após quase um ano das investigações pelos órgãos competente, inclusive com inúmeras medidas cautelares para mais ampla colheita das provas. Está a postergar a decisão que já sai dos autos, o governador Carlos Moisés não praticou qualquer crime de responsabilidade”, defendeu. A relatora, desembargadora Rosane Portella Wolff, votou parcialmente favorável à abertura do processo de impeachment contra Moisés. No fim, o Tribunal, formado por juízes e deputados estaduais, aceitou a denúncia contra o governador por 6 votos a 4 determinando a suspensão do cargo por até 120 dias. Nesse período, Carlos Moisés terá redução de um terço do salário. Se for condenado, o governador perde o cargo de forma definitiva, dando lugar à vice, Daniela Reinehr, que assume enquanto durar o processo.

*Com informações da repórter Caterina Achutti 

Fonte do artigo:

Política – Jovem Pan

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 27 de março de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 27 de março de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Publicações Relacionadas

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *