Em carta de demissão, Araújo cita ‘narrativa hipócrita’ sobre sua atuação na compra de vacinas

Postado em 29 de março de 2021

O ex-ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, divulgou a carta de demissão que enviou ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido). No documento, o ex-chanceler agrade ao presidente e diz ter sido alvo de “uma narrativa falsa e hipócrita” sobre sua atuação na aquisição de vacinas contra a Covid-19. “Ergueu-se contra mim uma narrativa falsa e hipócrita, a serviço de interesses escusos nacionais e estrangeiros, segundo a qual  minha intuição prejudicaria a obtenção de vacinas”, disse Araújo, que continuou: “Exibi todos os fatos que desmentem as alegações, mas infelizmente, neste momento da vida nacional, a verdade não importa para as correntes que querem o poder – esse poder que, durante décadas em que o exerceram, só trouxe ao Brasil atraso, corrupção e desgraça”. Por fim, o ex-ministro disse ter colocado seu cargo à disposição em prol do “projeto de transformação nacional”. A divulgação do material foi feita no perfil oficial de Araújo no Twitter nesta segunda-feira, 29, horas após o governo federal confirmar sua saída do cargo.

A saída de Ernesto Araújo esteve em pauta nos últimos dias e aconteceu após pressão de parte do Congresso, principalmente do Senado. O chanceler vinha sendo criticado pela condução da política externa do Brasil, especialmente em questões como a da aquisição de vacinas contra a Covid-19. No Congresso, parlamentares creem que a atuação de Araújo prejudicou a interlocução do Brasil com países que poderiam fornecer imunizantes contra a doença. Os presidentes da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), e do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG) também criticaram o chanceler. Diante deste cenário, Araújo pediu demissão na manhã desta segunda-feira e comunicou a decisão à cúpula do Congresso por interlocutores do Palácio do Planalto. No começo da noite, a Secom confirmou que o embaixador Carlos Alberto Franco França assumirá o comando da pasta.

Fonte do artigo:

Política – Jovem Pan

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 29 de março de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 29 de março de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Publicações Relacionadas

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *