‘Je ne Regrette Rien’: veja o que diz música de Édith Piaf citada por Moro ao falar da Lava Jato

Postado em 30 de março de 2021

Em fala durante transmissão ao vivo no último domingo, 28, o ex-ministro Sergio Moro falou sobre a acusação de suspeição contra ele, negou que tenha cometido qualquer erro nos processos da Operação Lava Jato de forma intencional e citou a cantora francesa Édith Piaf para afirmar que não se arrependia das decisões tomadas ao longo da sua carreira. “Não me arrependo, dá para tocar ao fundo a Edith Piaf, né? ‘Je ne me regrette rien’. Acho que foi um trabalho importante e o valor desse trabalho é reconhecido pela população brasileira”, disse Moro. O ex-magistrado se referia à música “Je Ne Regrette Rien” (Não, eu não me arrependo de nada), uma composição feita por Charles Dumont e Michel Vaucaire em 1956 que se tornou um dos maiores sucessos da artista.

Segundo a biografia da cantora, a música foi oferecida pelos dois compositores a ela após uma série de recusas de compositores anteriores. Após ouvir o som pela primeira vez, ela teria exclamado que aquele seria o maior sucesso da sua carreira. A composição foi dedicada à Legião Estrangeira Francesa e se tornou um hino coletivo para tropas que lutavam na Guerra da Argélia. Edith morreu no ano de 1963 aos 47 anos por câncer no fígado. Ela sofria de alcoolismo e costumava misturar o álcool com coquetéis diários de remédios. Confira, abaixo, a tradução da música “Je ne Regrette Rien”:

Não! Absolutamente nada
Não! Não me arrependo de nada
Nem o bem que me fizeram
Nem o mal, isso tudo me é bem indiferente!

Não! Absolutamente nada
Não! Não me arrependo de nada
Está pago, varrido, esquecido
Que se dane o passado!

Com minhas lembranças
Acendi o fogo
Minhas mágoas, meus prazeres
Não preciso mais deles!

Varridos os amores
E todos os seus tremores
Varridos para sempre
Recomeço do zero

Não! Absolutamente nada
Não! Não me arrependo de nada
Nem o bem que me fizeram
Nem o mal, isso tudo me é bem indiferente!

Não! Absolutamente nada
Não! Não me arrependo de nada
Pois, minha vida, pois, minhas alegrias
Hoje, começam com você!

Fonte do artigo:

Política – Jovem Pan

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 30 de março de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 30 de março de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Publicações Relacionadas

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Artigos Relacionados

Rogéria Dotti participa de evento promovido pela AASP

Rogéria Dotti participa de evento promovido pela AASP

Nos dias 05 e 06 de agosto, acontece o evento “Desjudicialização da Execução Civil. Debate sobre o PL Nº 6.204/2019”, organizado pela Associação dos Advogados de São Paulo-AASP e coordenação de Flávia Ribeiro. Rogéria Dotti está confirmada para proferir palestra ao...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *