Oposição quer impeachment de Bolsonaro por ação nas Forças Armadas

Postado em 31 de março de 2021

A reunião de líderes da Câmara desta terça-feira, 30, recebeu um projeto polêmico do líder do PSL, deputado Vitor Hugo. O texto daria ao presidente Jair Bolsonaro o poder de acionar, durante a pandemia, o estado de Mobilização Nacional. A possibilidade está na Constituição, mas só pode ser levada em prática quando o país está em estado de Guerra e sofre uma invasão estrangeira. Nesse caso, o presidente da República ganha o poder de intervir nos meios de produção públicos e privados e de convocar civis e militares para serviços determinados pelo governo.

Também cabe ao chefe do Executivo definir o espaço geográfico onde a medida seria aplicada. Caso o texto seja aprovado, Jair Bolsonaro poderia lançar o decreto também em situação de pandemia. Em discurso na CCJ, o deputado Vitor Hugo defendeu o projeto. Ele reforçou que a ação só seria decretada com autorização do Congresso. E negou que seja uma proposta autoritária. “Não é um golpe em curso, não tem intenção de questionar autoridade dos policiais militares em torno dos seus governadores. O único objetivo reforçar a logística nacional. É, na verdade, criar um instrumento jurídico que antecede a necessidade de decretação de sítio ou de intervenção federal.”

O projeto não encontrou maioria na reunião de líderes para ser levado ao plenário nos próximos dias. Deputados de centro e de oposição teceram fortes críticas à proposta, que classificaram como golpe. O líder da minoria na Câmara, deputado José Guimarães (PT), disse que o texto “é mais um flerte autoritário”. O deputado Kim Kataguiri (DEM) também se colocou contra. “Isso significa dar poderes absolutos para que o presidente da República possa requisitar qualquer servidor civil militar dos estados ou municípios. Isso significa passar o comando das policias militares para o comando direto do presidente da República. Isso tem aparência de golpe, cheiro de golpe.”

Questionado sobre o projeto, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, disse que o Congresso não deve se desviar do foco de combater a Covid-19. “É muito importante, neste momento, que nós tenhamos um foco. Nosso foco no Congresso Nacional é, de maneira absoluta, o enfrentamento à pandemia. Não nos permitamos que fatos paralelos possam estabelecer uma cortina de fumaça em relação ao nosso grande problema nacional de hoje.”

Nesta quarta-feira, 31, líderes de oposição da Câmara e do Senado vão protocolar mais um pedido de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro. O documento alega que ele está tentando se apropriar indevidamente das Forças Armadas com “ameaça evidente à democracia”. Os parlamentares citam o artigo da Lei de Impeachment que proíbe o presidente de “provocar animosidade entre as classes armadas ou contra elas, ou delas contra as instituições civis”.

*Com informações do repórter Levy Guimarães

Fonte do artigo:

Política – Jovem Pan

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 31 de março de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 31 de março de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Publicações Relacionadas

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *