CPI da Covid-19 desvia foco dos problemas seríssimos que vivemos, diz Bia Kicis

Postado em 12 de abril de 2021

A Câmara dos Deputados pode instalar a própria Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19. A pressão por parte da oposição cresce após a decisão do ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), que determinou a instalação do colegiado no Senado Federal para investir a atuação do governo federal durante a pandemia. No entanto, a criação da CPI não é bem vista por todos os parlamentares, que consideram o momento inoportuno. “Fiquei perplexa com a decisão do ministro Barroso de obrigar a instalação da CPI. O presidente do Senado vinha falando que não é o momento. Estamos em meio a uma crise sanitária, econômica e política. Não deveria ser colocada [a CPI], não vai contribuir para o país”, defendeu a deputada Bia Kicis, em entrevista ao Jornal da Manhã, da Jovem Pan, nesta segunda-feira, 12.

A parlamentar, que é presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, disse que ainda não foi procurada sobre a instalação do colegiado na Casa e negou que haja resistência do governo federal. Para Bia Kicis, se a proposta for mesmo investigar as atuações na pandemia, a CPI também deve abranger as esferas estaduais e municipais. “Se é para investigar a pandemia não basta investigar o presidente e governo federal, tem que investigar todo mundo. Vamos ver o que foi feito do direito enviado para Estado e municípios, uma vez que temos acompanhado gestores que receberam dinheiro e usaram para pagar contas, cumprir rombos. Pode não ser roubo, mas é desvio”, disse, defendendo a proposta do senador Eduardo Girão que, segundo a deputada, trabalha para ampliar o objeto da CPI no Senado Federal. “Que investigue também governadores e prefeitos. Esse será o desfecho dessa CPI.”

No geral, desde a determinação de Luís Roberto Barroso, ocorrida no dia 8 de abril, a abertura da CPI da Covid-19 tem gerado muitas reações no Congresso Nacional. Além do presidente Rodrigo Pacheco, que mesmo contrariado afirmou que irá cumprir a decisão, outros parlamentares também se manifestaram contrários à posição do ministro, alegando, até mesmo, interferência do Judiciário no Legislativo. Para Bia Kicis, considerando o contexto de pandemia e crise econômica, uma crise política não é oportuna e pode atrapalhar o andamento de outras propostas na Câmara. “Tudo isso é desviar o foco nesse momento dos problemas seríssimos que nós estamos vivendo. É para apurar? Ok, é para apurar. Vamos apurar. Se vai haver essa CPI no Senado, deixa que o Senado se envolva nessa questão, vamos tocar os projetos, temos projetos importantíssimos a respeito da pandemia, temos que nos debruçar nas questões do orçamento e temos também as reformas. Temos muitos projetos importantes para tocar”, pontuou, citando debate sobre a regulamentação do homeschooling, o andamento das reformas administrativa e tributária, discussão sobre decretos de armas e as mudanças na Lei de Segurança Nacional.

Fonte do artigo:

Política – Jovem Pan

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 12 de abril de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *