Nunes Marques rejeita ação de Kajuru sobre impeachment de Alexandre de Moraes

Postado em 15 de abril de 2021

O ministro Nunes Marques, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou o pedido feito pelo senador Jorge Kajuru (Podemos-GO) que visava obrigar o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG) a abrir o processo de impeachment do ministro Alexandre de Moraes, do STF. A decisão foi tomada nesta quinta-feira, 15. Em sua decisão, Nunes Marques afirmou que a Corte não pode interferir em um processo de impeachment que ainda não foi analisado pelo presidente da Casa, uma vez que a questão deve ser votada pelos senadores antes. “Esta Corte tem considerado que a atuação do Presidente do Senado e da Mesa Diretora em processo de impeachment de Ministro do Supremo Tribunal Federal não é meramente burocrática, mas sim uma atividade propriamente de exame preliminar de conteúdo, de modo a evitar que o Plenário seja chamado a avaliar todo e qualquer requerimento, inclusive aqueles manifestamente infundados”, afirmou o ministro.

O mandado de segurança para acelerar a análise do impeachment de Moraes foi protocolado na última segunda-feira, 12, e Nunes Marques foi sorteado relator do caso. O senador apresentou o pedido de impeachment do ministro no dia 16 de fevereiro, depois que o magistrado determinou a prisão em flagrante do deputado Daniel Silveira (PSL). Na ocasião, o parlamentar foi preso após divulgar um vídeo defendendo o AI-5 e pedindo a destituição de ministros do STF. No pedido, Kajuru afirma que Pacheco agiu de maneira omissa ao não despachar o processo de impeachment de Moraes. No Brasil, o processo de impeachment de um ministro do Supremo só pode ser instaurado com autorização do presidente do Senado e mediante aprovação da maioria dos senadores.

Fonte do artigo:

Política – Jovem Pan

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 15 de abril de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *