‘Decisões do STF sobre Lula são uma vergonha nacional’, diz Tomé Abduch

Postado em 16 de abril de 2021

Em entrevista ao programa Pânico, da Jovem Pan, nesta sexta-feira, 16, o porta-voz do movimento Nas Ruas, Tomé Abduch, repercutiu a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que manteve, por 8 votos a 3, a anulação das condenações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “Nós, que estivemos nas ruas lutando para colocar na cadeia este vagabundo, estamos vendo um dos maiores bandidos da história do Brasil ficar livre. As decisões do STF são uma vergonha nacional. Nenhum brasileiro aguenta mais essa corja que tomou conta do país. O STF manteve a anulação das condenações, decidida por uma canetada, porque os ministros Fachin, Rosa Weber, Dias Toffoli, Lewandowski, Carmén Lúcia e Barroso foram colocados na Corte pelo PT. Se houvesse alguma seriedade neste país, estes ministros deveriam ser impedidos de votar porque têm relacionamento pessoal com Lula, são partidários”, disse.

Votaram pela anulação das condenações os ministros Fachin, Rosa Weber, Cármen Lúcia, Dias Toffoli, Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski e Luís Roberto Barroso. O ministro Alexandre de Moraes também votou para declarar a incompetência da 13ª Vara, mas entendeu que os casos devem ser distribuídos para a Justiça Federal em São Paulo, e não em Brasília, como ficou consignado na decisão de Fachin. Já Nunes Marquea votou pela manutenção das condenações de Lula. “Está tudo errado, o Brasil é uma vergonha. Estou desesperado porque vamos perder o nosso país para a esquerda. Olha o que estamos vivendo, Lula poderá se candidatar em 2022. É um absurdo. Já tenho o meu lado nas próximas eleições: sempre estarei com o Brasil e com o presidente Jair Bolsonaro”, concluiu Tomé Abduch.

Confira a entrevista com Tomé Abduch:

Fonte do artigo:

Política – Jovem Pan

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 16 de abril de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 16 de abril de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Publicações Relacionadas

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Artigos Relacionados

Rogéria Dotti participa de evento promovido pela AASP

Rogéria Dotti participa de evento promovido pela AASP

Nos dias 05 e 06 de agosto, acontece o evento “Desjudicialização da Execução Civil. Debate sobre o PL Nº 6.204/2019”, organizado pela Associação dos Advogados de São Paulo-AASP e coordenação de Flávia Ribeiro. Rogéria Dotti está confirmada para proferir palestra ao...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *