Boulos é chamado para depor à Polícia Federal por supostas ameaças a Bolsonaro

Postado em 21 de abril de 2021

Com base na Lei de Segurança Nacional, o ex-presidenciável e ex-candidato à prefeitura de São Paulo, Guilherme Boulos (PSOL), foi intimado nesta quarta-feira, 21, a depor à Polícia Federal por supostas ameaças ao presidente Jair Bolsonaro nas redes sociais. O coordenador do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) é investigado desde o fim de setembro após um pedido do deputado federal José Medeiros (Podemos-MT). Ele teria respondido a uma fala de Bolsonaro na qual o presidente se intitulava como “a Constituição” para falar: “Um lembrete para Bolsonaro: a dinastia de Luís XIV terminou na Guilhotina”. “Fui intimado pela PF na Lei de Segurança Nacional por um tuíte sobre Bolsonaro. A perseguição deste governo não tem limites. Não vão nos intimidar!”, disse.

Em nota à imprensa, o político se disse “surpreendido” com a intimação e classificou a LSI como um “resquício da ditadura que vem servindo ao governo para perseguir e tentar calar aqueles que denunciam suas ações imorais e ilegais”. Boulos também disse que Bolsonaro era uma “ameaça às instituições e à ordem constitucional” com a fala que deu sobre “ser a Constituição”. O depoimento do Psolista será feito na próxima quinta-feira, 29, na sede da PF em São Paulo. Até o momento, a Polícia Federal não se posicionou sobre o assunto.

Fonte do artigo:

Política – Jovem Pan

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 21 de abril de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *