Governo federal flexibiliza regras para compras de bens e insumos

Postado em 4 de maio de 2021

O governo federal decidiu retomar medida emergenciais para aquisição de bens, contratação de serviços e insumos destinados ao enfrentamento da Covid-19, que foram adotadas no ano passado, mas que perderam a validade em dezembro. A Medida Provisória foi assinada nesta segunda-feira, 3, pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, e tem como objetivo garantir manutenção das atividades indispensáveis ao atendimento da população. Ao mesmo tempo, ainda no Distrito Federal, o governo local anunciou flexibilização das regras de isolamento social. Com a decisão, foi ampliado o horário de funcionamento de bares e restaurantes e o toque de recolher foi reduzido em duas horas, ficando proibida a circulação de pessoas apenas das 00h às 5 horas. O secreta da Casa Civil, Gustavo Rocha, no entanto, avisou que novas medidas podem ser anunciados em caso de aumento dos casos. Ele lembrou que a pandemia não passou e, por isso, é preciso manter as medidas de prevenção.

“É importante que as pessoas tenham consciência que não é um momento fácil, as pessoas realmente estão morrendo. Não é porque os dados, os índices estão baixando, índice de contaminação, de casos ativos, procura por leitos de UTI, que a agente vai voltar à normalidade como se nada tivesse acontecendo”, afirmou. O Distrito Federal já vacina idosos a partir dos 60 anos. Entretanto, nos últimos dias, o que se viu foi uma queda na procura pelo imunizantes. O motivo é que muitas pessoas estariam esperando a chegada das vacinas da Pfizer. O governo local explica, no entanto, que as doses do laboratórios deverão ser aplicadas em pacientes com as chamadas comorbidades, cuja vacinação deve começar nesta quarta-feira. O Distrito Federal e o governo ressaltam que todas as opções disponíveis no país são seguras e que não será possível escolher o imunizante. Até esta segunda-feira, 23 pessoas aguardavam na fila de espera por um leito de UTI no DF. O número já chegou a 331 pacientes em espera.

*Com informações da repórter Luciana Verdolin

Fonte do artigo:

Política – Jovem Pan

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 4 de maio de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *