CPI da Covid-19 ouve ex-ministro da Saúde Nelson Teich nesta quarta-feira

Postado em 5 de maio de 2021

A CPI da Covid-19 ouve, nesta quarta-feira, 5, o ex-ministro da Saúde Nelson Teich. Ontem, primeiro dia dos trabalhos, quem falou à comissão foi o também ex-chefe da pasta Luiz Henrique Mandetta. Os dois médicos foram os primeiros a comandar o Ministério da Saúde durante a pandemia da Covid-19 — sendo que Teich ficou apenas 28 dias no cargo. Para hoje, era esperado o depoimento de Eduardo Pazuello. A oitiva, no entanto, foi adiada para o dia 19 de maio após o ex-ministro anunciar que teve contato com dois assessores infectados com o novo coronavírus. Nelson Teich, que iria falar inicialmente ontem, foi remarcado para hoje e deve começar a falar às 10 horas da manhã.

Ainda nesta semana serão ouvidos o atual ministro Marcelo Queiroga e o diretor da Anvisa, Antônio Barra Torres. Na terça-feira, Mandetta falou por mais de sete horas aos senadores. Ele o primeiro a prestar depoimento na CPI, instalada para apurar ações e omissões do governo do presidente Jair Bolsonaro no combate à pandemia da Covid-19. Aos senadores, Mandetta disse que o Palácio do Planalto não queria fazer uma campanha oficial contra a doença, afirmou que não partiu da pasta então comandada por ele a ordem para que o Exército produzisse comprimidos de cloroquina, medicamento ineficaz no tratamento à infecção e ainda fez críticas ao ministro da Economia, Paulo Guedes — a quem chamou de “desonesto intelectualmente” e “muito pequeno para estar onde está”.

Fonte do artigo:

Política – Jovem Pan

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 5 de maio de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *