Parlamentares não fecham acordo e votação de projeto que altera Orçamento é adiada

Postado em 5 de maio de 2021

Deputados e senadores decidiram adiar a análise do projeto que recompõe os R$ 19,8 bilhões vetados pelo presidente Jair Bolsonaro no orçamento federal deste ano. A proposta é fruto de um acordo com o governo, mas encontra resistência por ser vista por alguns setores como uma maneira de burlar o teto de gastos. Isso porque, inicialmente, os parlamentares aprovaram um orçamento prevendo que o governo poderia gastar mais do que planeja receber. O presidente Jair Bolsonaro, então, foi aconselhado a vetar parte da proposta para não correr o risco de cometer crime de responsabilidade.

Ao mesmo tempo, o Palácio do Planalto autorizou os lideres do governo no Congresso a negociarem a aprovação deste projeto em questão — que, na pratica, recompõe os valores vetados por Bolsonaro e acaba liberando à União para gastar mais do que vai receber. Grande parte desses extras, inclusive, serão destinados aos próprios deputados e senadores por meio das emendas parlamentares. A ideia, agora, é que os lideres partidários se reúnam na quinta-feira, 6, para discutir o tema novamente. O que se sabe, porem, é que apesar de ter cortado as chamadas despesas discricionárias, o governo concordou em manter o valor adotado pelo Congresso para as emendas. Isso quer dizer que, na pratica, a União se comprometeu em transferir R$ 18,5 bilhões para deputados e senadores enviarem aos estados e municípios apenas em 2021.

*Com informações do repórter Antonio Maldonado 

Fonte do artigo:

Política – Jovem Pan

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 5 de maio de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *