AO VIVO: CPI da Covid-19 ouve Marcelo Queiroga, ministro da Saúde; acompanhe

Postado em 6 de maio de 2021

A CPI da Covid-19 ouve, nesta quinta-feira, 6, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, que assumiu a pasta após a demissão de Eduardo Pazuello. O médico cardiologista, que tomou posse no dia 23 de março, é o terceiro a depor – antes dele, a comissão recebeu os ex-ministros Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich. A oitiva de Pazuello estava prevista para a quarta-feira, 5, mas o general pediu dispensa por ter tido contato com dois assessores infectados com o novo coronavírus. Em razão disso, seu depoimento foi adiado para o dia 19 de maio. Na parte da tarde, a comissão vai ouvir o presidente da Anvisa, Antônio Barra Torres.

Como a Jovem Pan mostrou, Queiroga será questionado sobre os contratos de vacinas firmados pelo governo federal com farmacêuticas e o que tem sido feito pelo ministério para mitigar os efeitos da crise sanitária. Nas últimas semanas, o governo federal tem divulgado, inclusive através de propagandas oficiais, o número de 560 milhões de vacinas contra a Covid-19 já contratadas pela União. Entretanto, em resposta a um requerimento de informações do deputado Gustavo Fruet (PDT-PR), o Ministério da Saúde afirma que apenas cerca de 280 milhões, ou seja, a metade, já têm contrato fechado. Os senadores que integram a CPI querem esclarecer em que pé estão as negociações com as farmacêuticas e como estas negociações impactam o cronograma de imunização. Acompanhe a cobertura da Jovem Pan: 

10:47 ‘Faltou fortalecimento do SUS para evitarmos mais de 400 mil mortes’

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou que faltou “fortalecimento do SUS” para evitar as mais de 400 mil mortes causadas pelo novo coronavírus. Ele respondeu a um questionamento do relator, senador Renan Calheiros (MDB-AL).


10:36 – ‘Não devemos aprofundar as nossas divergências’, diz ministro da Saúde

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse, em sua exposição inicial, que a CPI da Covid-19 não deve “aprofundar as nossas divergências”. “Devemos construir consensos, criar estadas pavimentadas para a saída dessa situação sanitária complexa e devolver a cada brasileiro a alegria de nos darmos as mãos sem precisarmos lavar sem álcool, das pessoas terem o direito de trabalhar e ganhar o salário com o suor do seu trabalho, que é um direito fundamental”, afirmou. Queiroga também pediu um “voto de confiança”, para que o trabalho do Ministério da Saúde possa ser “continuado e aprimorado”.


10:26 – ‘Solução para a pandemia é a campanha de vacinação’, diz Queiroga

Em sua exposição inicial, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou que a solução para a pandemia é “a campanha de vacinação”. “A solução para o problema da pandemia é a campanha de vacinação. Precisamos vacinar a nossa população. A vacina contra a Covid-19 é uma resposta da ciência”, disse.


10:22 – Queiroga inicia sua exposição inicial 

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, faz, agora, sua exposição inicial. Na sequência, o relator, Renan Calheiros (MDB-AL), fará os primeiros questionamentos da sessão.


10:13 – Tasso Jereissati quer convocar Abin sobre declaração de Bolsonaro contra China

O senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) afirmou que irá apresentar requerimento para convocar um representante da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) para explicar o ataque do presidente Jair Bolsonaro contra a China. Nesta quarta-feira, 5, em evento no Palácio do Planalto, o chefe do Executivo afirmou que a pandemia poderia ser “uma nova guerra”. “Se não existe guerra química, há um verdadeiro boicote internacional à compra de vacinas ou envio de vacinas da China”, disse Jereissati.


10:12 – Omar Aziz dá inícios aos trabalhos 

O presidente da CPI da Covid-19, Omar Aziz (PSD-AM), abriu a sessão desta quinta-feira. O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, já está no plenário da CCJ do Senado, onde a comissão realiza os depoimentos.

Fonte do artigo:

Política – Jovem Pan

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 6 de maio de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *