AO VIVO: CPI da Covid-19 ouve diretor-presidente da Anvisa; acompanhe

Postado em 11 de maio de 2021

A CPI da Covid-19 ouve, nesta terça-feira, 11, o diretor-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antônio Barra Torres. O depoimento do contra-almirante estava inicialmente marcado para a tarde da última quinta-feira, 6, mas foi adiado porque a audiência com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, se estendeu por todo o dia. Barra Torres é o quarto depoente a falar à comissão, instalada para apurar as ações e omissões do governo do presidente Jair Bolsonaro no combate à pandemia do novo coronavírus. Assim como os depoentes da semana passada, o diretor-presidente da agência reguladora falará na condição de testemunha – neste caso, é obrigado a dizer a verdade e não pode ficar calado diante das perguntas.

Como a Jovem Pan mostrou, os membros da CPI devem focar suas perguntas em três pontos específicos: quais os motivos da não liberação para a importação da Sputnik V, a vacina russa contra a Covid-19, o que tem sido feito pela Anvisa para agilizar a aquisição de outros imunizantes para o país, e quem teve a ideia de alterar a bula da hidroxicloroquina, a fim de que fosse incluída a previsão de uso do medicamento no tratamento da Covid-19. Em seu depoimento à CPI, o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta afirmou que participou de uma reunião no Palácio do Planalto, na qual viu a minuta de um decreto presidencial que previa esta mudança – a proposta, segundo Mandetta, foi vetada por Barra Torres. Acompanhe a cobertura abaixo: 

10:43 – Alessandro Vieira pede redução no tempo de fala dos senadores 

Visando otimizar o tempo das sessões, o senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) propôs que o presidente da CPI da Covid-19, Omar Aziz (PSD-AM), diminuísse de 15 para 12 minutos o tempo dado aos integrantes da comissão para a elaboração de perguntas aos depoentes. Além disso, Vieira pediu que as sessões sejam antecipadas para às 09h – atualmente, as reuniões são iniciadas às 10h.


10:35 – Governista diz que oposição quer ‘blindagem’ de prefeitos e governistas 

O senador Marcos Rogério (DEM-RO), um dos integrantes da tropa de choque governista na CPI, afirmou que a oposição quer criar uma “blindagem” de prefeitos e governadores. “Estou começando a entender que o grande problema do enfrentamento à pandmeia começa a ser o papel de alguns integrantes dessa CPI, quando busca tirar o ministro da Saúde de sua função, do enfrentamento aos problemas reais do Brasil, para colocá-lo aqui de castigo, das 10h às 20h. Não bastasse fazer isso na semana passada, agora vir com essa hipótese [de reconvocá-lo]”, disse. “É preciso seguir o caminho do dinheiro, olhar para os indícios, as operações da Polícia Federal nos Estados. Está claro que a intenção da oposição é impedir que sejam investigados atos de corrupção. Isso não podemos aceitar”, acrescentou.


10:31 – Senadores petistas apresentam requerimento para reconvocação do ministro da Saúde

No início da sessão, o senador Humberto Costa (PT-PE) afirmou que apresentou requerimento, assinado conjuntamente pelo senador Rogério Carvalho (PT-SE), pedindo a reconvocação do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. Costa afirmou que o titular da pasta omitiu informações e, por isso, deve ser ouvido novamente.


10:22 – Omar Aziz abre a sessão desta terça-feira

O presidente da CPI da Covid-19, Omar Aziz (PSD-AM), deu início aos trabalhos desta terça-feira, 11. Será ouvido pelos senadores o diretor-presidente da Anvisa, Antônio Barra Torres.

Fonte do artigo:

Política – Jovem Pan

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 11 de maio de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *