AO VIVO: Fabio Wajngarten depõe à CPI da Covid-19; acompanhe

Postado em 12 de maio de 2021

A CPI da Covid-19 ouve, nesta quarta-feira, 12, o ex-chefe da Secretaria de Comunicação da Presidência (Secom) Fabio Wajngarten. A oitiva é a mais aguardada desta segunda semana de trabalhos da comissão, instalada para apurar as ações e omissões do governo do presidente Jair Bolsonaro no combate à pandemia do novo coronavírus. A negociação da União com a farmacêutica Pfizer para a aquisição de 70 milhões de doses do imunizante estará no centro do debate – justamente por isso, a direção do colegiado decidiu que irá pedir a quebra dos sigilos telefônico e telemático do ex-secretário.

Como a Jovem Pan mostrou, a escassez de vacinas será atribuída ao ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello, mas o teor do depoimento de Wajngarten é visto com ressalvas por auxiliares do chefe do Executivo federal. O ex-chefe da Secom foi convocado a depor após uma entrevista concedida à revista Veja, na qual afirma que o governo brasileiro recusou a oferta da Pfizer, em agosto do ano passado, porque houve “incompetência” e “ineficiência” dos gestores do Ministério da Saúde, à época comandado pelo general do Exército. Acompanhe a cobertura abaixo:

09:55 – Bate-boca entre senadores pode atrasar início de depoimento de Wajngarten

No início da sessão, o presidente da CPI da Covid-19, Omar Aziz (PSD-AM), disse que o depoimento do ex-chefe da Secom Fabio Wajngarten começaria pontualmente às 10h. Porém, os parlamentares estão discutindo sobre convocação de prefeitos e governadores há quase 30 minutos.


09:50 – Senadores governistas cobram depoimentos de prefeitos e governadores

Os senadores Marcos Rogério (DEM-RO), Ciro Nogueira (PP-PI) e Eduardo Girão (Podemos-CE), alinhados ao Palácio do Planalto, utilizam os primeiros minutos da sessão desta quarta-feira para cobrar do presidente da CPI, Omar Aziz (PSD-AM), a convocação de prefeitos e governadores. “Precisamos seguir o dinheiro”, disse Rogério, em alusão às verbas federais repassadas a Estados e municípios. “A CPI está pensa”, afirmou Girão, que voltou a pedir uma alternância de oitivas entre agentes públicos ligados à União e aos governos estaduais. “Só são depoimentos de agentes públicos do governo federal”, disse o parlamentar do Podemos.


09:27 – Omar Aziz abre sessão desta quarta-feira

O presidente da CPI da Covid-19, senador Omar Aziz (PSD-AM), abriu há pouco a sessão destinada ao depoimento do ex-chefe da Secom, Fabio Wajngarten.

Fonte do artigo:

Política – Jovem Pan

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 12 de maio de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *