Em crítica às restrições, Bolsonaro diz que não é responsável por alta no desemprego

Postado em 19 de maio de 2021

O presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar, nesta terça-feira, 18, as medidas de isolamento social recomendadas inclusive pelo Ministério da Saúde para diminuir o número de mortos pela Covid-19. Ele afirmou que, como o governo federal não determinou nenhuma medida restritiva para conter o avanço da pandemia, ele não pode ser responsabilizado pelo aumento do número de desempregados no país. “Não fechei nada no Brasil, zero. Não tirei emprego de uma pessoa no Brasil”, disse em conversa com apoiadores. O presidente também voltou a agradecer aos representantes do agronegócio, que participaram de manifestação favorável ao governo no último sábado, na Esplanada dos Ministérios. O ato de apoio ao governo federal aconteceu em um momento em que especialistas dizem que o distanciamento é crucial para conter o avanço do coronavírus. Na avaliação do vice-presidente da república, general Hamilton Mourão, o fato de a aglomeração ocorrer ao ar livre diminui os riscos de contaminação. Ele reconhece, no entanto, que isso não torna a manifestação um ambiente completamente seguro.

“Ao ar livre não é tão perigoso. Agora, tenho já comentado inúmeras vezes, quando o pessoal promove festas em locais fechados aí há um risco bem maior do que gente ao ar livre. Tem risco? Tem, mas é bem menor que em um ambiente fechado”, afirmou. O vice-presidente também comentou um estudo da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, que tem se destacado pelas projeções certeiras desde o início da pandemia e indica que o Brasil poderá chegar à marca de 751 mil mortes por Covid-19 até 27 de agosto. Para chegar a esses números, os americanos consideraram um cenário onde 95% da população faria uso adequado de máscaras, mas, para o general Hamilton Mourão, é preciso entender as bases do estudo, considerado por ele ‘meio catastrófico’.

*Com informações do repórter Antônio Maldonado

Fonte do artigo:

Política – Jovem Pan

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 19 de maio de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 19 de maio de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Publicações Relacionadas

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Uma só Constituição

*Artigo publicado na Gazeta do Povo, dia 14 de junho de 2021. Paira no país certa insatisfação com o STF. O atual conceito do tribunal difere grandemente daquele citado por ex-ministros notáveis,...

Artigos Relacionados

Wilson Witzel recorre ao STF para não comparecer à CPI da Covid-19

Wilson Witzel recorre ao STF para não comparecer à CPI da Covid-19

O ex-governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, recorreu ao Supremo Tribunal Federal (STF) para não comparecer à CPI da Covid-19. Em pedido apresentado nesta terça-feira, 15, a defesa do político pede que ele não seja obrigado prestar depoimento aos senadores,...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *