Lewandowski libera acesso de Cunha a mensagens hackeadas da Lava Jato

Postado em 25 de maio de 2021

O ministro Ricardo Lewandowski autorizou que o ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha tenha acesso às mensagens de procuradores da Lava Jato que foram hackeadas. A decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) permite, no entanto, acesso apenas os trechos dos diálogos em que Cunha é citado. Lewandowski atendeu a um pedido da defesa do ex-parlamentar, que alega que o político foi “vítima das violações do devido processo legal nos casos da Lava Jato”. Os advogados afirmam ainda que várias conversas de Deltan Dallagnol, que na ocasião era chefe da força-tarefa no Ministério Público Federal, falando sobre Cunha vieram a público. Alguns desses diálogoso eram com Sergio Moro, ex-juiz da Lava Jato.

Anteriormente, o ministro já tinha permitido que o senador Renan Calheiros e o ex-presidente Lula tivessem acesso às mensagens.  No caso do petista, a decisão teve de ser confirmada pela segunda turma do STF.  Neste mês, Eduardo Cunha começou a responder em liberdade a acusações que tramitam no Distrito Federal, no Rio Grande do Sul e no Paraná. No ano passado, ele argumentou que, com a disseminação do coronavírus, corria risco de permanecer na cadeia.

*Com informações da repórter Camila Yunes

Fonte do artigo:

Política – Jovem Pan

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 25 de maio de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *