Pesquisa aponta baixa confiança da população na Presidência, Congresso e STF

Postado em 29 de maio de 2021

Uma pesquisa realizada pela Associação Paulista de Magistrados (Apamagis), aponta o índice de confiança da população em relação às instituições federais do país. Realizado no Estado de São Paulo, o estudo JUSBarômetroSP mostrou que a confiança e a avaliação positiva das instituições é maior entre as mulheres, explica a presidente Apamagis, Vanessa Mateus. “Essa pesquisa faz um recorte interessante: mostra a diferença do nível de confiança entre homens e mulheres, entre bem informados e mal informados, pessoas com mais escolaridade e menos escolaridade. Isso nos permite traçar um panorama de quais caminhos a serem trilhados, porque o objetivo era saber como o Poder Judiciário é visto e por quem ele é visto dessa forma. Isso nos mostram condutas a serem trilhadas”, relatou ao Jornal da Manhã, da Jovem Pan, neste sábado, 29. A pesquisa aponta que de 48% das pessoas de São Paulo avaliam como “ruim ou péssima” a atuação da Presidência da República, contra 28% que consideraram “ótima ou boa”, e 22%, regular. Em relação ao Congresso Nacional, 43% dos participantes avaliaram negativamente a atuação, sendo que 20% classificaram o trabalho dos senadores e deputados federais como “ótimo ou bom” e 34% como regular. Quanto ao Judiciário, o resultado ponta 29% de avaliações positivas, 31% de negativas e 36% de regulares. No entanto, ao questionar a atuação do Supremo Tribunal Federal (STF), o estudo ponta de 37% dos cidadãos classificam as ações da Suprema Corte como “ruins ou péssimas”, 29% positivamente e 30% colocam como regular.

Por sua vez, quanto à confiança, a pesquisa aponta que 57% não confiam na Presidência da República, 66% desconfiam do Congresso Nacional e 53% também mostram desconfiança quanto ao Supremo. Na esfera estadual, por sua vez, os resultados são mais positivos. Dos participantes, 49% confiam no Judiciário do Estado, 48% no Tribunal de Justiça e nos desembargadores, 53% no Ministério Público estadual e 59% na Defensoria Pública.  No entanto, apenas 29% confiam no Governo do Estado e 32% na Assembleia Legislativa (Alesp). A explicação de Vanessa Mateus pontua que o estudo reflete a avaliação das instituições, não dos governantes. “No nível federal é maior o número de pessoas que não confiam. Isso reverte nas esferas estaduais, quando o índice de quem confia é um pouco maior em relação ao Judiciário. Isso nos mostra a importância da capilaridade da Justiça. Quanto mais conhecida, mais bem avaliada é a Justiça”, pontuou, destacando também a diferença da avaliação entre os cidadãos usuários da Justiça e os não usuários. Entre as pessoas que já tiveram acesso ao Poder Judiciário, a confiança chega a 59%. “Não é exatamente uma surpresa. A gente tende a avaliar melhor o que conhecemos”, finalizou. A pesquisa JUSBarômetroSP contou com a participação de mil entrevistados, sendo realizada de 26 a 30 de abril. A margem de erro é de 3.2 pontos percentuais para mais ou para menos.

Veja abaixo o índice de confiança e desconfiança da população quanto às instituições:

  • Presidência da República: 57% não confiam x 39% confiam
  • Congresso Nacional: 66% não confiam x 27% confiam
  • Supremo Tribunal Federal: 53% não confiam x 40% confiam
  • Tribunal de Justiça e desembargadores: 40% confiam e 49% confiam
  • Ministério Público estadual: 39% não confiam x 53% confiam
  • Defensoria Pública: 30% não confiam x 59% confiam
  • Governo do Estado de São Paulo: 66% não confiam x 29% confiam
  • Assembleia Legislativa (Alesp): 60% não confiam x 32% confiam

Fonte do artigo:

Política – Jovem Pan

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 29 de maio de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 29 de maio de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Publicações Relacionadas

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *