Congresso mantém veto de Bolsonaro a prazo para Anvisa autorizar vacinas

Postado em 2 de junho de 2021

O Congresso Nacional manteve o veto do presidente Jair Bolsonaro ao trecho da medida provisória que dava prazo de cinco dias para a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) decidir sobre pedidos de uso emergencial de vacinas aprovadas no exterior. O veto ao trecho da Medida Provisória que autorizou a entrada do Brasil no consórcio Covax Facility, da Organização Mundial da Saúde (OMS), havia sido um pedido da direção da agência, que via riscos à avaliação dos imunizantes. Na ocasião, Bolsonaro advertiu que o prazo de cinco dias dado à Anvisa “viola o princípio constitucional da separação dos Poderes ao usurpar a competência privativa do presidente da República”. Atualmente, a agência reguladora tem até dez dias para analisar os pedidos de uso emergencial de vacinas.

Também nesta terça-feira, 1º, o Fórum Nacional de Governadores decidiu que, além de priorizar a busca por mais doses, vai retomar o diálogo com o governo chinês. Segundo o coordenador do grupo e governador do Piauí, Wellington Dias, o objetivo é garantir a manutenção do cronograma de vacinação. “Em uma perspectiva de pelo menos 30 milhões de doses a mais daqui até setembro. Já vamos buscar tratar sobre a definição de data para esses sete mil litros de IFA para o Butantan, que vão garantir para junho mais 12 milhões de doses”, pontuou. Segundo Wellington Dias, as ações visam imunizar, até setembro, mais de 60% da população, para que o Brasil entre no grupo de países com vacinação em massa.

*Com informações da repórter Letícia Santini

Fonte do artigo:

Política – Jovem Pan

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 2 de junho de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *