Após reação a pronunciamento, Bolsonaro volta a criticar CPI da Covid-19

Postado em 4 de junho de 2021

O presidente Jair Bolsonaro negou, na sexta-feira, 4, que tenha politizado o combate a Covid-19 no país. Ele voltou a defender a utilização da cloroquina, apesar de evitar citar o nome do medicamento — muito criticado pela CPI da Covid-19. “Mais cedo ou mais tarde isso virá a tona. Vocês verão que milhares de pessoas poderiam estar entre nós, vivas, se um outro lado não politizasse isso. Eu não politizei, quem politizou é o outro lado. Quem disse para não tomar e não dá alternativa são eles.” Um dia depois da cúpula da CPI ter afirmado que o presidente está atrasado na defesa da vacinação em massa, Bolsonaro rebateu.

Segundo ele, no passado, as Comissões Parlamentares do Inquérito tinham mais seriedade. Hoje, de acordo com ele, o objetivo é apenas tentar derrubar o presidente da República. “Pelo amor de Deus, hein. Eu não aceitaria ser convidado para uma CPI para Renan Calheiros. Quer convocar, é poder da CPI convocar. Mas aceitar convite para ser inquerido por uma figura desqualificada como Renan Calheiros ou Omar Aziz? Realmente, não tem cabimento isso aí.” O presidente ainda voltou a defender a realização da Copa América no Brasil, lembrou que os jogos nacionais já estão acontecendo — assim como os da Libertadores e das eliminatórias da Copa do Mundo.

Ele voltou também a ironizar o relator da CPI, Renan Calheiros, que chamou a Copa América de torneio da morte. Mais uma vez, ontem, o presidente garantiu que são falsas as acusações de que ele teria aumentado o próprio salário por decreto. Segundo o presidente, o governo apenas fez cumprir uma determinação do Supremo Tribunal Federal. “O Supremo decidiu que poderia acumular a sua aposentadoria militar, como a minha, com o salário de ministro. Isso que foi feito. Decisão do Supremo Tribunal Federal. Atingiu essa decisão do Supremo mais ou menos mil pessoas no Brasil, 70% da Educação e Saúde.” Os outros 30% abrangem outras categorias, como por exemplo os militares. O presidente ainda lembrou que poderia estar ganhando uma aposentadoria maior porque não requereu um benefício a que ele tem direito depois de 28 anos de trabalho na Câmara.

*Com informações da repórter Luciana Verdolin 

Fonte do artigo:

Política – Jovem Pan

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 4 de junho de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 4 de junho de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Publicações Relacionadas

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Publicação de Alexandre Knopfholz na Gazeta do Povo

O advogado  Alexandre Knopfholz, do Núcleo de Direito Penal do Escritório, publicou, no dia 14/06/2021, o artigo no site Gazeta do Povo, com o tema “Uma só Constituição“. Confira o artigo aqui.The...

Uma só Constituição

*Artigo publicado na Gazeta do Povo, dia 14 de junho de 2021. Paira no país certa insatisfação com o STF. O atual conceito do tribunal difere grandemente daquele citado por ex-ministros notáveis,...

Artigos Relacionados

Presidente do TCU pede para a PF investigar auditor afastado do TCU

Presidente do TCU pede para a PF investigar auditor afastado do TCU

A presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), ministra Ana Arraes, pediu à Polícia Federal, na segunda-feira, 14, que seja aberto um inquérito para investir auditor do Tribunal de Contas da União (TCU) Alexandre Figueiredo Costa Silva Marques, apontado como autor...

Wilson Witzel recorre ao STF para não comparecer à CPI da Covid-19

Wilson Witzel recorre ao STF para não comparecer à CPI da Covid-19

O ex-governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, recorreu ao Supremo Tribunal Federal (STF) para não comparecer à CPI da Covid-19. Em pedido apresentado nesta terça-feira, 15, a defesa do político pede que ele não seja obrigado prestar depoimento aos senadores,...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *