Bolsonaro afirma que a Covid-19 garante mais imunidade que as vacinas

Postado em 18 de junho de 2021

O presidente Jair Bolsonaro reafirmou nesta quinta-feira, 17, que determinou ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, que estude a possibilidade de retirar a obrigatoriedade do uso de máscaras para quem já foi vacinado ou que já teve a Covid-19. Ele questiona o uso do item de proteção, por exemplo, dentro dos carros e justificou que ainda não procurou os postos de saúde para se vacinar porque pretende se imunizar apenas depois que todas as pessoas tiverem acesso às vacinas. No entanto, ele garantiu que se sente seguro, uma vez que já teve a Covid-19. “Estou vacinado entre aspas. Todos que contraíram o vírus estão vacinados, até de forma mais eficaz que a própria vacina, porque você pegou o vírus para valer. Então quem contraiu o vírus não se discute, está imunizado. Quem tomou a vacina, como a eficácia, por exemplo da CoronaVac, é 50%, esse tem que tomar a segunda dose e talvez uma dose de reforço.”

O mandatário não poupou críticas ao depoimento do ex-governador Wilson Witzel à CPI da Covid-19. Segundo Bolsonaro, as afirmações do político devem ter agradado os integrantes da comissão, que, segundo ele, buscam uma forma de responsabilizá-lo por todos os problemas da Covid-19. “Cara de pau esse Witzel, ele foi denunciado ontem mesmo, tornou-se réu. Falou que eu que procurei ele para fazer campanha no Rio e ele me ajudou. Ele é um cara de pau sem tamanho, uma pessoas que realmente envergonha a magistratura”, disse. Nesta quinta-feira, o procurador-geral da República, Augusto Aras, afirmou ao Supremo Tribunal Federal (STF) que foi retomada a apuração preliminar sobre a conduta do presidente na defensa do “kit Covid“, tratamento com remédios que seriam ineficazes contra a doença. A Procuradoria-Geral da República apura se a conduta de Jair Bolsonaro pode configurar em crimes de perigo à vida ou à saúde.

*Com informações da repórter Luciana Verdolin

Fonte do artigo:

Política – Jovem Pan

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 18 de junho de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Artigo: A PEC dos Precatórios

Um dos temas de maior repercussão recente na mídia é a Proposta de Emenda Constitucional nº 23/2021, que propõe alterações no regime constitucional de pagamento de precatórios. Confira aqui o artigo...

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *