Marco Aurélio adia aposentadoria do STF para 12 de julho

Postado em 18 de junho de 2021

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu adiar sua aposentadoria da Corte para o dia 12 de julho. A decisão foi anunciada em um ofício enviado à presidência do STF. No documento, Marco Aurélio diz que decidiu adiar em uma semana sua aposentadoria, que estava prevista para o dia 5 de julho, para se dedicar às suas funções e diminuir o número de processos acumulados em seu gabinete. “Assim, em vez de antecipar, em  poucos dias, a aposentadoria, aguardarei, em mais uma demonstração de apego ao ofício de servir, como julgador, aos semelhantes, a data-limite de permanência no cargo, a ocorrer em 12 de julho próximo, ao completar 75 anos de idade”, diz o ofício.  Por ser o decano – ministro mais velho – da Corte e estar se aproximando de completar 75 anos, Marco Aurélio tem de ser aposentar de maneira compulsória do cargo. Seu substituto na Corte será indicado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Fonte do artigo:

Política – Jovem Pan

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 18 de junho de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *