Wizard foi alvo de condução coercitiva nesta quinta, mas PF não o encontrou

Postado em 18 de junho de 2021

A Justiça Federal de São Paulo informou a CPI da Covid-19, nesta sexta-feira, 18, que a Polícia Federal (PF) não conseguiu cumprir o mandado de condução coercitiva de Carlos Wizard Martins, apontado como membro do gabinete paralelo de assessoramento ao presidente Jair Bolsonaro e era aguardado a depor na quinta-feira, 17, mas não compareceu. Segundo um documento obtido pela Jovem Pan, policiais foram à residência de Wizard, em Campinas (SP), mas não o encontraram. No local, segundo o relato do delegado Flavio Vieitez Reis, um funcionário afirmou que não via o empresário “há algum tempo”.

Ainda segundo o documento, na sequência, os policiais foram até uma empresa ligada à filha de Carlos Wizard, também em Campinas. No local, a equipe da PF foi informada de que o empresário “se encontra fora do Brasil”. No início da semana, os advogados de Wizard encaminharam uma foto de seu passaporte que mostra o ingresso nos Estados Unidos no dia 30 de março deste ano. O delegado Flavio Reis informou a CPI que não há registro de “movimento migratório de retorno”.

“Foi diligenciado ao endereço de Carlos, sendo que ninguém atendeu ao interfone, mesmo após insistentes tentativas. Porém, quando a equipe estava deixando o local, um indivíduo saiu do imóvel, informando se chamar João e ser funcionário do imóvel em questão (340) e, ao ser questionado, informou que não vê Carlos há bastante tempo, mas não prestou maiores informações. Em sequência, visando obter maiores informações, a equipe se dirigiu até a sede da empresa Sforza Holding, onde, através da segurança do edifício, foi estabelecido contato com uma funcionária da empresa, que pertence às filhas de Carlos Wizard, sendo que, com relação ao mesmo, a informação é de que se encontra fora do Brasil”, diz um trecho do documento. 

Fonte do artigo:

Política – Jovem Pan

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: André Siqueira.
Data de Publicação: 18 de junho de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: André Siqueira.
Data de Publicação: 18 de junho de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Publicações Relacionadas

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *