Partidos encabeçam ‘superpedido’ de impeachment contra Jair Bolsonaro

Postado em 21 de junho de 2021

Uma união entre partidos de esquerda e até mesmo políticos que pertenciam à base aliada do governo, deve render um novo pedido de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro. O texto deve apontar ao menos 20 crimes contra a lei de responsabilidade que teriam sido cometidos pelo mandatário, ganhando o apelido de “superpedido”. A ideia começou em abril, quando os opositores do governo planejaram unir todos os pedidos de impeachment que já foram protocolado na Câmara dos Deputados. Atualmente, há 121 deles. Assim, o superpedido toma forma, tendo como integrantes presidentes do PSOL, PT, PCdoB, PSB, Rede, Unidade Popular (UP), PV e o Cidadania. Ex-apoiadores do presidente, como os deputados Alexandre Frota (PSDB) e Joice Hasselmann, que está para sair do PSL, também engrossam a lista.

A ideia é mostrar que o pedido é supraideológico e, com isso, ganhar força para que o presidente da Câmara, Arthur Lira, analise o texto para dar, ou não, sequência aos pedidos. No entanto, atualmente o deputado federal é aliado de Bolsonaro. O grupo elencou 21 crimes de responsabilidade cometidos pelo presidente República. Dentre eles, ameaças ao Congresso Nacional e ao Supremo Tribunal Federal (STF). Os partidos também elencaram o apoio e participação de Bolsonaro em manifestações antidemocráticas, além de omissões e falhas na condução do combate à pandemia da Covid-19. Os principais líderes devem se reunir ainda esta semana para a conclusão do documento.

*Com informações do repórter Fernando Martins

Fonte do artigo:

Política – Jovem Pan

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 21 de junho de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *