Parlamentares respondem aos eleitores, não ao governo, diz Onyx Lorenzoni sobre o fundão

Postado em 20 de julho de 2021

O ministro Secretaria-Geral da Presidência, Onyx Lorenzoni, afirma que a tendência é que o presidente Jair Bolsonaro vete a proposta de destinação de R$ 5,7 bilhões para o Fundo Eleitoral, incluída na Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) aprovada pelo Congresso Nacional na última semana . Segundo o membro do governo, a proposta é que, com o veto, o Executivo e o Legislativo possam discutir um valor menor. “Eu, particularmente, e o presidente também, sempre tivemos uma posição contrária ao fundo eleitoral. Defendemos que deveria ser fundo privado com fiscalização muito rígida. […] Acredito que a tendência seja o veto para fazer com que na preparação da Lei Orçamentária tenhamos a definição de outro valor, talvez mais semelhante ao que já foi usado na eleição federal de 2018, que me parece que é suficiente para atender todo o processo eleitoral”, afirmou ao Jornal da Manhã, da Jovem Pan, nesta terça-feira, 20.

Embora o presidente já tenha antecipado que pretende vetar o aumento do Fundo Eleitoral, a aprovação da proposta aconteceu com o voto favorável de apoiadores de Jair Bolsonaro, o que gerou uma onda de críticas à base bolsonarista. Sobre o tema, Onyx Lorezoni afirmou que não houve um direcionamento do Executivo aos partidos que compõem a base do governo, já que, segundo ele, o compromisso dos parlamentares é com o povo brasileiro. “O parlamentar ou partido está olhando para as suas condicionantes, cada partido tem total autonomia, independência e responsabilidade porque responde para o seu eleitorado, não é para o governo. O governo prepara a Lei, manda para o Congresso, tem a comissão, são feitas modificações e ajustes, depois vem a Lei Orçamentária”, ressaltou, pontuando que “cada um responde pelas suas escolhas”. Ainda na entrevista, ao ser questionado se Bolsonaro vai ser candidato à reeleição em 2022, o ministro foi categórico: “Claro que sim”, finalizou.

Fonte do artigo:

Política – Jovem Pan

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 20 de julho de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 20 de julho de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Publicações Relacionadas

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Artigos Relacionados

Rogéria Dotti participa de evento promovido pela AASP

Rogéria Dotti participa de evento promovido pela AASP

Nos dias 05 e 06 de agosto, acontece o evento “Desjudicialização da Execução Civil. Debate sobre o PL Nº 6.204/2019”, organizado pela Associação dos Advogados de São Paulo-AASP e coordenação de Flávia Ribeiro. Rogéria Dotti está confirmada para proferir palestra ao...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *