Pacheco diz que realização das eleições de 2022 é ‘inegociável’ e que decisão cabe ao Congresso Nacional

Postado em 22 de julho de 2021

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), afirmou nesta quinta-feira, 22, que a realização das eleições de 2022 “não está em discussão”. Declaração do senador vem após reportagem do jornal O Estado de S. Paulo denunciar uma possível ameaça do ministro da Defesa, Walter Braga Netto, ao presidente da Câmara dos DeputadosArthur Lira (PP-AL). Segundo o veículo, o ministro enviou um recado, por meio de “um importante interlocutor político”, ao presidente Lira dizendo que não haverá eleições em 2022 caso o voto impresso e auditável não seja aprovado. Braga Netto, entanto, afirmou que a informação se trata de uma “invenção” e que ele não utiliza interlocutores para falar com presidentes de outros poderes. Também defendeu que a discussão sobre o voto eletrônico auditável, por meio de comprovante impresso, “é legítima” e “defendida pelo governo federal”, porém acrescentou que cabe ao parlamento decidir sobre o tema.

Apesar do pronunciamento de Braga Netto, Pacheco usou suas redes sociais para reforçar que decisões do tipo cabem apenas ao Congresso Nacional e que o cancelamento das eleições de 2022 não está em discussão. “Decisões sobre o sistema político-eleitoral, formas de financiamento de campanhas, voto eletrônico ou impresso, entre outros temas, cabem ao Congresso Nacional, a partir do debate próprio do processo legislativo e com respeito às divergências e à vontade da maioria”, afirmou. “Seja qual for o modelo, a realização de eleições periódicas, inclusive em 2022, não está em discussão. Isso é inegociável. Elas irão acontecer, pois são a expressão mais pura da soberania do povo. Sem elas não há democracia e o país não admite retrocessos”, concluiu o parlamentar.

Fonte do artigo:

Política – Jovem Pan

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 22 de julho de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Artigos Relacionados

Francisco Zardo publica artigo no Estadão

Francisco Zardo publica artigo no Estadão

As sanções administrativas da Lei Geral de Proteção de Dados entraram em vigor no dia 1º de agosto. Confira aqui o artigo do advogado Francisco Zardo, publicado no Estadão, no blog do Fausto Macedo, com o título “LGPD: agora é pra valer“.The post Francisco Zardo...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *