Queiroga diz que vacinar professores não é exigência para reabertura das escolas

Postado em 22 de julho de 2021

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou nesta quarta feira, 21, que uma portaria interministerial sobre o tema da volta às aulas presenciais deve ser publicada até a semana que vem. Questionado se o momento é seguro para a reabertura das escolas, Queiroga respondeu que as aulas já deveriam ter voltado e que 80% dos professores receberam a primeira dose da vacina, “Acho que já deveriam ter voltado antes, para ser sincero, porque os nossos adolescentes estão sendo prejudicados. Não tem exigência de vacinar professores, isso é invencionice”, afirmou. Ele insistiu no apelo para que os Estados não adiantem os grupos prioritários e disse que a decisão de vacinar crianças e adolescentes é do Programa Nacional de Imunizações (PNI). “Tenho conhecimento que eles estão tratando desse tema. Claro que é um público onde se estudou menos as vacinas, mas há problemas epidemiológicos com esse subgrupo. A gente tem notícias de síndromes respiratórias agudas, óbitos que afetam os nossos adolescentes. E o número de adolescentes com comorbidade não é tão grande assim. Então o PNI vai deliberar sobre esse tema”, disse.

Em um pronunciamento em rede nacional na terça-feira, o ministro da Educação, Milton Ribeiro, também defendeu o retorno às aulas presenciais. Para a coordenadora do Movimento Escolas Abertas, Lana Romani, não faz mais sentido esperar para reabrir as escolas. “Nenhum país do mundo condicionou a sua volta às aulas à vacinação, nenhum outro setor da economia condicionou as suas atividades à vacinação, então não tem o menor cabimento atrelar a imunização com a volta às aulas. O Brasil é o líder mundial das escolas fechadas. A gente não tem mais tempo para discutir quem é a favor e quem é contra a volta às aulas, essa discussão é obsoleta. O que a gente precisa é deixar as escolas abertas para todos e cumprir os protocolos”, afirmou.

Enquanto a vacinação avança, a pandemia no Brasil começa a se estabilizar. Segundo o boletim InfoGripe da Fiocruz, apenas Acre e Amazonas apresentaram aumento no número de casos graves de Covid na última semana e 17 estados tiveram sinal de queda na tendência de longo prazo. As capitais são a maior preocupação. Elas registram nível de transmissão alto, muito alto ou extremamente alto. O cenário, segundo o relatório da Fiocruz, sugere manutenção do número de hospitalizações e óbitos em alto patamar, caso medidas preventivas não sejam adotadas.

*Com informações da repórter Letícia Santini

Fonte do artigo:

Política – Jovem Pan

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 22 de julho de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 22 de julho de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Publicações Relacionadas

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Artigos Relacionados

Rogéria Dotti participa de evento promovido pela AASP

Rogéria Dotti participa de evento promovido pela AASP

Nos dias 05 e 06 de agosto, acontece o evento “Desjudicialização da Execução Civil. Debate sobre o PL Nº 6.204/2019”, organizado pela Associação dos Advogados de São Paulo-AASP e coordenação de Flávia Ribeiro. Rogéria Dotti está confirmada para proferir palestra ao...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *