Caso Covaxin: Rosa Weber pede parecer da PGR sobre investigação de Luis Miranda

Postado em 23 de julho de 2021

A Procuradoria-Geral da República (PGR) vai avaliar se o deputado federal Luis Miranda (DEM) deve ser investigado por suposta denunciação caluniosa contra o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido). A determinação é da ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), que pediu uma manifestação do órgão nesta quinta-feira, 22. Nesta semana, a ministra recebeu da Polícia Federal (PF) um questionamento se o parlamentar deveria ser incluído no inquérito sobre o caso, que investiga denúncias feitas pelos irmãos Miranda sobre um suposto esquema de corrupção envolvendo a vacina Covaxin. Luis Miranda e Luis Ricardo Miranda, que prestaram depoimento à CPI da Covid-9, afirmam que se reuniram com Bolsonaro em março para reportar as irregularidades, mas que o chefe do Executivo não teria tomado as devidas providências. De acordo com Rosa Weber, cabe à Procuradoria-Geral avaliar se existem elementos suficientes para a abertura formal de uma investigação sobre o deputado. Jair Bolsonaro já é investigado pelo inquérito, que tem a relatoria da ministra. A palavra final sobre a inclusão de Luis Miranda, no entanto, caberá à Rosa Weber.

*Com informações do repórter Levy Guimarães

Fonte do artigo:

Política – Jovem Pan

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 23 de julho de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 23 de julho de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Publicações Relacionadas

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Homenagem da UFPR à memória do Professor René Dotti

A Universidade Federal do Paraná, por sua Faculdade de Direito, Programa de Pós-Graduação em Direito e o Departamento de Direito Penal e Processual Penal, homenagearão a memória do Professor Titular...

Artigos Relacionados

Citação Eletrônica: Cuidados que as empresas podem adotar

Citação Eletrônica: Cuidados que as empresas podem adotar

Citação Eletrônica A Lei nº 14.195/2021 foi publicada no dia 27.08.2021. Desde então, estão em vigor as regras que alteram o Código de Processo Civil. Uma das principais mudanças é o incremento à citação eletrônica das pessoas jurídicas, a qual deverá ocorrer,...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *