Toffoli assume ação que quer obrigar Bolsonaro a exibir supostas fraudes nas urnas

Postado em 24 de julho de 2021

A vice-presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Rosa Weber, decidiu na sexta-feira, 23, passar para seu colega de corte, Dias Toffoli, a missão de analisar a ação que obriga o presidente Jair Bolsonaro a apresentar provas de que houve fraude nas eleições de 2018. Rosa Weber é a responsável por atender as urgências que chegam ao STF durante o recesso, mas ela entendeu que ação pode ser analisada pelo relator original do caso em agosto — quando a corte retornar. A interpelação judicial é para esclarecer se as declarações de uma parte são ofensivas, o que pode gerar uma ação na justiça.

Mas, na interpelação, Bolsonaro não é obrigado a apresentar esclarecimentos. O presidente defende o voto impresso auditável e criticou diversas vezes as urnas eletrônicas. Ontem, a apoiadores, ele disse que há dificuldades para a aprovação da matéria. “Estava pronto e, de repente, o Barroso foi para dentro do Congresso. Trocaram as posições dos seus representantes. Qual o interesse dele? Tinha que ser o primeiro a falar que o voto impresso é mais uma segurança. Me dá um motivo qualquer para não ter. Dinheiro quem trata sou eu, não é ele.” O presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Luís Roberto Barroso, reforça que as urnas eletrônicas são seguras, transparentes e já auditáveis.

*Com informações do repórter Fernando Martins 

Fonte do artigo:

Política – Jovem Pan

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 24 de julho de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 24 de julho de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Publicações Relacionadas

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Publicação de Larissa Ross no Migalhas

A advogada Larissa Ross, publicou no dia 17/09/2021, o artigo no Migalhas, com o tema “A obrigatória ratificação judicial dos elementos informativos da investigação para a decisão de pronúncia“....

Artigos Relacionados

AO VIVO: CPI da Covid-19 ouve ministro Wagner Rosário, da CGU

AO VIVO: CPI da Covid-19 ouve ministro Wagner Rosário, da CGU

Três meses depois da aprovação de sua convocação, o ministro da Controladoria-Geral da União (CGU), Wagner Rosário, depõe nesta terça-feira, 21, à CPI da Covid-19. A oitiva deve ser marcada por uma espécie de guerra de narrativas entre senadores governistas e membros...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *