‘Sem eleições limpas e democráticas, não haverá eleições’, diz Bolsonaro sobre 2022

Postado em 1 de agosto de 2021

O presidente Jair Bolsonaro falou por chamada de vídeo neste domingo, 1º, com os seus apoiadores presentes nos atos a favor do voto impresso em Brasília, Belo Horizonte e Rio de Janeiro. Na ligação, ele voltou a condicionar a realização do pleito de 2022 ao voto auditável dizendo que, “sem eleições limpas e democráticas, não haverá eleições”. Além disso, afirmou que, como último alerta, convidará a população de São Paulo a comparecer na Avenida Paulista para que a “voz do povo seja ouvida por aqueles que teimam em golpear a nossa democracia”. “Se o povo lá disser que o voto tem que ser auditável, que a contagem tem que ser pública e que o voto tem que ser impresso, tem que ser dessa maneira, porque o parlamento também responde pela vontade popular.”

Segundo ele, a maioria da Câmara é a favor do voto impresso — grande parte dos líderes partidários, porém, já se declararam contra a medida e o governo trabalha com uma tendência de rejeição do texto. Bolsonaro ainda criticou novamente o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso: “Deveria ser o primeiro a estar do lado da transparência das eleições e está exatamente do outro lado. Provas se faz com indícios, quanto mais indícios, mais robustas são as provas. Se o povo exigir e me der essa carta, pode ter certeza, assim como a maioria do parlamento brasileiro, teremos eleições limpas, com voto democrático e contagem pública de votos”, afirmou.

Ele se disse “orgulhoso” dos protestos deste domingo e chamou os apoiadores de “nosso exército”. “Vocês estão aí, além de clamar pela garantia da nossa liberdade, buscar uma maneira que tenhamos eleições limpas e democráticas ano que vem. Sem eleições limpas e democráticas, não haverá eleições. Nós mais que exigimos juntos, porque vocês são de fato o nosso exército, fazer com que a vontade popular seja expressada na contagem pública dos votos.” Assim como na live transmitida na última quinta-feira, 29, o presidente voltou a sustentar que as últimas eleições tiveram “indícios fortíssimos de manipulação”. “Quem fala que a eleição auditada é segura é mentiroso, não tem amor pela democracia e não respeita seu povo. Essas pessoas tem que reconhecer qual é o seu lugar. Não vou entrar em provocações baratas, quero uma forma limpa de realizar eleições, quem for contra a vontade de vocês está contra a democracia. Somos a maioria do Brasil. Não vamos esperar acontecer para depois tomar providencias. Juntos faremos o que for necessário para que haja contagem pública dos votos e eleições democráticas ano que vem”, acrescentou.

Fonte do artigo:

Política – Jovem Pan

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 1 de agosto de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 1 de agosto de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Publicações Relacionadas

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Artigos Relacionados

Publicação de Larissa Ross no Migalhas

Publicação de Larissa Ross no Migalhas

A advogada Larissa Ross, publicou no dia 17/09/2021, o artigo no Migalhas, com o tema “A obrigatória ratificação judicial dos elementos informativos da investigação para a decisão de pronúncia“. Confira aqui o artigo.The post Publicação de Larissa Ross no Migalhas...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *