Eleição para o TSE tem erro em contagem de votos e Barroso ironiza: ‘O impresso estava errado’

Postado em 4 de agosto de 2021

Na sessão do Supremo Tribunal Federal (STF) desta quarta-feira, 4, o ministro Kássio Nunes Marques foi eleito ministro substituto do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A votação, no entanto, foi marcada por um momento de descontração, motivado por um erro do presidente do Supremo, Luiz Fux, na contagem dos votos. Dez magistrados votaram eletronicamente, mas, na cédula impressa e lida por Fux, havia 11 votos: dez destinados a Nunes Marques, um a Dias Toffoli e um a “outro”. Presidente do TSE, Luís Roberto Barroso ironizou a situação: “Está sobrando voto. Quero dizer que o que estava errado era o [voto] impresso”. “É, era o impresso”, respondeu Fux. O ministro Ricardo Lewandowski, através do sistema remoto, acrescentou: “É melhor recorrer às urnas eletrônicas porque elas não falham”. A mais recente crise entre o Judiciário e o governo do presidente Jair Bolsonaro ocorre na esteira da tramitação da PEC do voto impresso na Câmara dos Deputados – a matéria enfrenta resistência e deve ser rejeitada nesta quinta-feira, 5. O mandatário do país diz que houve fraudes nas eleições mas não apresentou uma prova sequer. Em declarações recentes, Bolsonaro também tem dito que Barroso tem interesses pessoais na eleição do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Fonte do artigo:

Política – Jovem Pan

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 4 de agosto de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 4 de agosto de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Publicações Relacionadas

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Homenagem da UFPR à memória do Professor René Dotti

A Universidade Federal do Paraná, por sua Faculdade de Direito, Programa de Pós-Graduação em Direito e o Departamento de Direito Penal e Processual Penal, homenagearão a memória do Professor Titular...

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *