Aliados criticam decisão de Cármen Lúcia que mantém Daniel Silveira afastado de mandato

Postado em 19 de agosto de 2021

O deputado federal Daniel Silveira vai continuar preso e sem poder exercer o mandato parlamentar. A decisão foi tomada pelo mestra do Supremo Tribunal Federal Cármen Lúcia. Ela negou um mandado de segurança em que a defesa do deputado pedia para que ele voltasse a exercer o cargo. Daniel Silveira está preso desde 24 de junho e teve o celular apreendido. Por isso, não pode, nem remotamente, participar das sessões da Câmara dos Deputados. O pedido foi feito por meio de um recurso que tinha o presidente da Casa, Arthur Lira, como uma espécie de coautor. Cármen Lúcia considerou, no entanto, que uma decisão dela representaria uma interferência do Judiciário no poder Legislativo.

A defesa de Daniel Silveira também solicitava ao STF a devolução do aparelho celular para que o parlamentar pudesse dar continuidade ao mandato, mas o perdido foi negado pela ministra. A decisão dela foi criticada pelo vereador de Niterói, Douglas Gomes. “A ministra Cármen Lúcia, em sua decisão, disse que não pode interferir nos demais Poderes, mas se cala quando os seus colegas interferem diretamente tanto no Executivo quanto no Legislativo. O deputado federal Daniel Silveira está preso há 193 dias longe da sua família.” Daniel Silveira já tinha sido preso em outra ocasião por determinação do ministro do STF, Alexandre de Moraes, por ataques ao Supremo, a ministros da Corte e instituições democráticas e republicanas. Também permanece preso no Rio de Janeiro, desde a semana passada, o ex-deputado federal e presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, por motivos bem parecidos.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga 

Fonte do artigo:

Política – Jovem Pan

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 19 de agosto de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 19 de agosto de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Publicações Relacionadas

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Homenagem da UFPR à memória do Professor René Dotti

A Universidade Federal do Paraná, por sua Faculdade de Direito, Programa de Pós-Graduação em Direito e o Departamento de Direito Penal e Processual Penal, homenagearão a memória do Professor Titular...

Artigos Relacionados

Citação Eletrônica: Cuidados que as empresas podem adotar

Citação Eletrônica: Cuidados que as empresas podem adotar

Citação Eletrônica A Lei nº 14.195/2021 foi publicada no dia 27.08.2021. Desde então, estão em vigor as regras que alteram o Código de Processo Civil. Uma das principais mudanças é o incremento à citação eletrônica das pessoas jurídicas, a qual deverá ocorrer,...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *