Fundão deve ficar entre R$ 3 bi e R$ 3,5 bi, diz líder do governo no Congresso

Postado em 20 de agosto de 2021

O presidente Jair Bolsonaro deve vetar o aumento do Fundo Eleitoral e encaminhar um novo projeto ao Congresso. O valor deve ficar entre R$ 3 bilhões e R$ 3,5 bilhões, disse à Jovem Pan o líder do governo no Congresso, senador Eduardo Gomes (MDB-TO). “Bolsonaro deve vetar e, em acordo com os partidos, vai mandar [o novo valor] nos PLNs [Projeto de Lei do Congresso Nacional]”, afirmou o emedebista. Encerra-se nesta sexta-feira, 20, o prazo para o chefe do Executivo federal definir se sanciona ou veta a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e o montante que será destinado ao financiamento das campanhas eleitorais – antes do recesso, os parlamentares aprovaram o aumento do Fundão de R$ 2 bilhões para R$ 5,7 bilhões. A definição precisa ser publicada no Diário Oficial da União (DOU) até a segunda-feira, 23. A decisão sobre o valor vai opor a área econômica aos partidos do Centrão, que integram a base de apoio do governo. Enquanto integrantes da equipe do ministro Paulo Guedes defendiam que o fundo tivesse o mesmo valor do último ano, corrigido apenas pela inflação, o que representaria um valor de aproximadamente R$ 2,5 bilhões, legendas aliadas ao Palácio do Planalto exigiram, no mínimo, R$ 4 bilhões.

Fonte do artigo:

Política – Jovem Pan

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: André Siqueira.
Data de Publicação: 20 de agosto de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: André Siqueira.
Data de Publicação: 20 de agosto de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Publicações Relacionadas

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Publicação de Larissa Ross no Migalhas

A advogada Larissa Ross, publicou no dia 17/09/2021, o artigo no Migalhas, com o tema “A obrigatória ratificação judicial dos elementos informativos da investigação para a decisão de pronúncia“....

Artigos Relacionados

AO VIVO: CPI da Covid-19 ouve ministro Wagner Rosário, da CGU

AO VIVO: CPI da Covid-19 ouve ministro Wagner Rosário, da CGU

Três meses depois da aprovação de sua convocação, o ministro da Controladoria-Geral da União (CGU), Wagner Rosário, depõe nesta terça-feira, 21, à CPI da Covid-19. A oitiva deve ser marcada por uma espécie de guerra de narrativas entre senadores governistas e membros...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *