Ida de Ciro Nogueira para a Casa Civil não melhorou relação do governo com o Senado, dizem senadores

Postado em 5 de setembro de 2021

Quando o presidente Jair Bolsonaro escolheu o senador Ciro Nogueira (PP-PI) como ministro-chefe da Casa Civil, auxiliares presidenciais apostavam que a ida de um dos principais líderes do Centrão para o coração do governo conteria os arroubos do chefe do Executivo federal e melhoraria a relação do Palácio do Planalto com os senadores. Um mês depois da posse de Nogueira, parlamentares ouvidos pela Jovem Pan avaliam que nada mudou – a situação, inclusive, se deteriorou. Apesar do desgaste, os congressistas afirmam que, atualmente, o titular da pasta está mais empenhado em reconstruir as pontes entre os presidentes do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), e da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), em razão da troca de farpas recente entre os chefes do Legislativo, do que aproximar Bolsonaro e seus ministros dos integrantes da Casa Alto do Congresso Nacional.

“Nunca houve essa ilusão de que haveria mudança na relação do governo com o Senado. Não seria a presença do senador Ciro Nogueira na Casa Civil que alteraria esse cenário de Centrão no comando. Os resultados são os mesmos de antes. O governo se fragiliza e encontra cada vez mais dificuldade. O governo é fraco, as pesquisas indicam, e isso dificulta o comando. De nada adianta buscar um parlamentar para ocupar a Casa Civil, se o presidente é o mesmo. Os arroubos contribuem, sem dúvida, para esse desgaste. A distribuição seletiva de recursos impõe facilidade para um lado [Câmara] e dificuldade do outro [Senado]. Há uma rejeição a esse tipo de procedimento por parte da grande maioria dos senadores”, disse à Jovem Pan o senador Alvaro Dias (Podemos-PR), líder do partido. Como a Jovem Pan mostrou, a animosidade entre Planalto e Senado tem causado um efeito prático: a base de apoio a Bolsonaro na Casa está minguando. “Até pouco tempo, diria que tínhamos 70% dos senadores alinhados às propostas do governo. Caiu para 55%, 50%. A base reduziu pela falta de diálogo. Pode voltar ao que era, mas depende da boa vontade do governo”, afirmou à reportagem o senador Carlos Viana (PSD-MG), vice-líder do governo no Senado.

A insatisfação do Senado com o governo federal não é uma novidade: há meses, o Palácio tem sido cobrado a liberar emendas e dar mais espaço aos senadores na Esplanada dos Ministérios. Foi com base nesta reivindicação, por exemplo, que Bolsonaro passou a cogitar nomear o senador Jorginho Mello (PL-SC) para o Ministério do Turismo. A eventual escolha de Mello também representaria um afago ao Partido Liberal (PL), presidido por Valdemar Costa Neto. Nas últimas semanas, parlamentares intensificaram as críticas ao governo, mas, ao menos por ora, o desembarque está descartado. Para três senadores ouvidos reservadamente pela reportagem, Bolsonaro privilegia Lira e um grupo restrito de deputados porque cabe privativamente ao presidente da Câmara deliberar sobre a tramitação de um pedido de impeachment – atualmente, há mais de 130 peças na gaveta do deputado do Centrão.

Fonte do artigo:

Política – Jovem Pan

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: André Siqueira.
Data de Publicação: 5 de setembro de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: André Siqueira.
Data de Publicação: 5 de setembro de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Publicações Relacionadas

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Homenagem da UFPR à memória do Professor René Dotti

A Universidade Federal do Paraná, por sua Faculdade de Direito, Programa de Pós-Graduação em Direito e o Departamento de Direito Penal e Processual Penal, homenagearão a memória do Professor Titular...

Artigos Relacionados

Citação Eletrônica: Cuidados que as empresas podem adotar

Citação Eletrônica: Cuidados que as empresas podem adotar

Citação Eletrônica A Lei nº 14.195/2021 foi publicada no dia 27.08.2021. Desde então, estão em vigor as regras que alteram o Código de Processo Civil. Uma das principais mudanças é o incremento à citação eletrônica das pessoas jurídicas, a qual deverá ocorrer,...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *